Índice da edição de 02/10/2009

Estatísticas de acesso ao EcoDebate, em setembro de 2009 A proteção das florestas naturais pode ser crucial para minimizar as mudanças climáticas, por Henrique Cortez Matriz energética brasileira e pratos chineses sugerem alguma semelhança? artigo de Carol Salsa Não tome remédio na frente das crianças! artigo de Américo Canhoto Em defesa da vida no Norte de Minas, por Apolo Heringer Lisboa Quem olha o Rio São Francisco? Entrevista especial com Rubens Siqueira Câmara recebe abaixo-assinado pedindo

Estatísticas de acesso ao EcoDebate, em setembro de 2009

Prezados(as) Leitores(as) Os acessos ao EcoDebate continuam a manter a sua curva de crescimento, atingindo a média diária de 6.901,77 visitantes e 29.360,67 páginas (impressões), o que dá ao portal uma posição de destaque no segmento. Este é o resultado de um esforço coletivo, do esforço de diversas pessoas para que o Ecodebate tenha um conteúdo relevante, centrado em temas ligados às questões sócio-ambientais, dosando cidadania e meio ambiente como questões centrais

A proteção das florestas naturais pode ser crucial para minimizar as mudanças climáticas, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Pesquisa [The role of natural forests in carbon storage] coordenada pelo professor Brendan Mackey, da Australian National University, conclui que o desmatamento das florestas naturais na Austrália, criaria um perigo ainda maior para o clima global do que se pensava, porque elas detêm três vezes mais carbono do que havia sido calculado. 19370

Matriz energética brasileira e pratos chineses sugerem alguma semelhança? artigo de Carol Salsa

Matriz de produção de energia elétrica no Brasil [EcoDebate] Quem foi frequentador de espetáculos circenses deve se lembrar de ter presenciado a tentativa do atores circenses em manter o equilíbrio dos pratos chineses, geralmente, em número de doze. Associando os pratos chineses aos 12 tipos de energia, renováveis e não renováveis, existentes no mundo, tais como: hidro, termolétrica , aterro, fóssil, solar, eólica, maremotriz, geotérmica, gás natural, aterro, biomassa e gravitacional,

Não tome remédio na frente das crianças! artigo de Américo Canhoto

[EcoDebate] Recebo com frequência e-mails de amigos leitores do blog que se desculpam por não divulgarem nossas idéias por serem radicais demais em alguns aspectos. Compreendo e estou me esforçando para ser bem light - mas, ás vezes me deparo com situações que me deixam muito mais azulado e quase roxo. Neste comentário procurei ser bem light e acho que consegui. 19364

Em defesa da vida no Norte de Minas, por Apolo Heringer Lisboa

“ os setores que se beneficiam do crédito agrícola subsidiado pelo governo, através do Banco do Brasil e Banco do Nordeste, gozando de regalias, querem usar o dinheiro público para financiar o desmatamento e prejudicar o meio ambiente.” PERGUNTAS AOS DEPUTADOS ESTADUAIS RUY MUNIZ E PAULO GUEDES. Escolhi perguntar somente aos dois pela maior ligação que tenho e amigos em comum. Mas me dirijo a toda a bancada parlamentar do Norte de

Quem olha o Rio São Francisco? Entrevista especial com Rubens Siqueira

Bacia do rio São Francisco Em meio a debates sobre a construção de hidrelétricas na Amazônia, há ainda, embora que um pouco esquecido nos últimos tempos, o projeto de transposição do Rio São Francisco. A semana que começa no dia 04 foi denominada Semana do São Francisco, em que eventos de conscientização serão realizados para que a luta em defesa deste rio não seja deixado de lado. O representante da

Câmara recebe abaixo-assinado pedindo a aprovação da PEC que inclui alimentação entre direitos sociais

Um abaixo-assinado pedindo a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que inclui a alimentação como um dos direitos sociais foi entregue ontem (1º) ao presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), por representantes do Conselho Nacional de Segurança alimentar e Nutricional (Consea). O documento, com mais de 33 mil assinaturas, foi elaborado pelo Consea e pela Frente Parlamentar de Segurança Alimentar e Nutricional, presidida pelo deputado

Ibama: Boi Pirata II combate novos desmates e aplica R$ 128,5 milhões em multas em Novo Progresso/PA

Mais R$ 6,1 milhões em multas foram aplicados nos últimos dias na Operação Boi Pirata II, elevando o total para R$ 128,5 milhões desde o início da operação, em junho. No último sábado (26/09), os fiscais impediram o desmatamento de 211,7 hectares de floresta amazônica, o equivalente a cerca de 210 campos de futebol, numa das áreas mais preservadas da região de Novo Progresso, na divisa com Altamira, no sudoeste

MPF/PA debaterá o futuro da Flona do Jamanxim

Reunião neste fim de semana deve discutir problemas da reserva, em Novo Progresso. O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) vai participar, nos próximos dias 2 e 3, de reuniões no município de Novo Progresso (sudoeste do Eetado) para debater o futuro da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim, unidade de conservação criada em 2006 que registra, desde então, altos índices de desmatamento, criação irregular de gado e é objeto de

Fabricantes e importadores serão responsáveis pela armazenagem de pneus velhos

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) publicou resolução que obriga o mercado a armazenar adequadamente os pneus velhos. O texto publicado no Diário Oficial da União de ontem (1º) tem a finalidade de evitar a degradação ambiental e os riscos à saúde pública. Dirigida a fabricantes e importadores de pneus novos, a determinação do Conama alcança também os distribuidores, revendedores, destinadores finais, consumidores e o Poder Público. Isoladamente ou de

Movimentos sociais protocolam um manifesto e questionamentos sobre Belo Monte junto ao IBAMA

Altamira, PA. Cerca de quarenta representantes dos movimentos sociais participaram hoje de um ato político no IBAMA, com a presença da imprensa local, para a entrega de um manifesto e um documento apresentando os principais questionamentos e considerações dos movimentos sociais e povos da região acerca do AHE Belo Monte. Diante da falta de posicionamento do IBAMA, face aos pedidos apresentados nas últimas semanas pelos movimentos sociais e o MPF (anulação

Top