Índice da edição de 12/09/2009

O cerrado brasileiro cortado pela metade Fiscalização ambiental, em Goiás, desmonta mais de 40 fornos de carvoaria ilegal Ibama flagra uso de agrotóxico ilegal em Mato Grosso do Sul Pesquisas apontam alternativas para o desmatamento do Cerrado Embrapa avalia o impacto ambiental da cadeia produtiva de canola Presidente e diretor do Ibama são absolvidos em ação de improbidade de Jirau Rio Madeira: Juiz de Rondônia demonstra absoluta ignorância sobre processo de licenciamento ambiental, por Telma Monteiro CNPE

O cerrado brasileiro cortado pela metade

Mapa da ecoregião do Cerrado. Os limites da ecorregião mostrados em amarelo. Imagem: NASA / Wikipédia [EcoDebate] Neste dia 11 de setembro, quando é comemorado o Dia do Cerrado, o Ministério do Meio Ambiente e o Ibama divulgam um estudo que revela que já foi destruída quase metade da área original deste importante bioma brasileiro. Uma extensão de quase 1 milhão de quilômetros quadrados de mata foi posta abaixo para fazer

Fiscalização ambiental, em Goiás, desmonta mais de 40 fornos de carvoaria ilegal

Ministro carlos Minc durante operação em Goias, desmonta mais de 40 fornos de carvoaria ilegal na região de Niquelândia-GO. Foto: Divulgação No local, as equipes também realizaram detenção de infratores, autuação de ilícitos ambientais e apreensão de madeiras Em celebração ao Dia do Cerrado, foi realizada nesta sexta-feira (11/9), na região de Niquelândia (GO), a primeira ação conjunta de fiscalização ambiental em projetos de assentamentos. A operação Assentamentos Sustentáveis do Cerrado

Ibama flagra uso de agrotóxico ilegal em Mato Grosso do Sul

Fiscais do Departamento de Proteção Ambiental do Ibama em Mato Grosso do Sul flagraram o uso de agrotóxico ilegal na fazenda Paraíso no assentamento Itamarati I em Ponta Porá, na fronteira com o Paraguai. O arrendatário da Fazenda foi multado em R$150 mil por descarte incorreto das embalagens de agrotóxico e por tentar encobrir a ilegalidade do material queimando as embalagens do produto. 18616

Pesquisas apontam alternativas para o desmatamento do Cerrado

Vegetação do Cerrado, em foto de arquivo Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente e do Ibama, quase metade da cobertura original do Cerrado brasileiro foi desmatada. Os números divulgados no Dia do Cerrado, na sexta-feira (11), apontam que uma área de vegetação nativa superior ao estado do Mato Grosso já cedeu lugar para plantações de soja, pecuária e exploração de madeira. Para evitar a abertura de novas áreas, a pesquisa

Embrapa avalia o impacto ambiental da cadeia produtiva de canola

Canola. Foto de Nilton Bustão Na terça-feira (29) a Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e a Embrapa Trigo (Passo Fundo, RS) realizam treinamento em ferramentas de avaliação de impacto socio-ambiental da cadeia produtiva da canola para obtenção de biocombustíveis em Passo Fundo. Segundo o pesquisador da Embrapa Trigo Gilberto Tomm, devido ao elevado teor de óleo nos grãos da canola - cerca de 38% - e pelo teor de proteínas no farelo,

Presidente e diretor do Ibama são absolvidos em ação de improbidade de Jirau

Obras da UHE Jirau. Foto: divulgação Suez O juiz federal Élcio Arruda, da 3ª Vara da Justiça Federal de Rondônia, absolveu o presidente do Ibama, Roberto Messias Franco, e o diretor de Licenciamento, Sebastião Custódio, da ação de improbidade administrativa por causa de suposta irregularidade na concessão de licença de instalação para Usina Hidrelétrica de Jirau. A ação havia sido ajuizada pelo Ministério Público Federal e o Ministério Público do Estado

Rio Madeira: Juiz de Rondônia demonstra absoluta ignorância sobre processo de licenciamento ambiental, por Telma Monteiro

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual de Rondônia entraram, em junho de 2009, com uma Ação de Improbidade Administrativa contra o Presidente do IBAMA, Roberto Messias Franco e o Diretor de Licenciamento, Sebastião Custódio Pires, por irregularidades na concessão da Licença de Instalação para a hidrelétrica Jirau, no rio Madeira. Em sentença proferida ontem (10) que absolveu os dois, o Juiz Federal da 3ª Vara da Justiça Federal de Rondônia, Élcio

CNPE estabelece prioridade de licitação para Hidrelétrica de Belo Monte

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) indicou o projeto de geração de energia elétrica denominado Aproveitamento Hidrelétrico Belo Monte, localizado no Rio Xingu, no estado do Pará, prioritário para efeito de licitação e implementação. A resolução está no Diário Oficial da União de ontem (11). De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a prioridade se deve à importância do projeto para o Brasil. A hidrelétrica vai ser a

Queimadas em Manaus aumentam quase 200% em um ano

Queimada na floresta amazônica, em foto de arquivo O número de ocorrências de incêndio em áreas florestais de Manaus saltou de 22, em todo mês de setembro do ano passado, para 156, apenas nos primeiros oito dias deste mesmo mês em 2009. De janeiro a agosto deste ano, o Corpo de Bombeiros do Amazonas registrou 443 focos, contra 226 no mesmo período do ano passado. 18597

Decisão do STJ impede utilização de meios cruéis em sacrifício de animais

Decisão da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determina que eliminação de animais em Centro de Controle de Zoonose não seja feita de modo cruel. Em situações extremas em que o sacrifício de animais seja imprescindível para proteger a saúde humana, deverão ser utilizados métodos que amenizem ou inibam o sofrimento dos animais. 18594

Nível de flúor na água potável de Aracaju está fora dos padrões recomendados

Procuradoria regional dos Direitos do Cidadão realizou audiência para cobrar solução Uma audiência pública foi realizada nesta quarta-feira, 9 de setembro, para tratar do nível de flúor na água potável de Aracaju. A procuradora regional dos Direitos do Cidadão Gicelma Santos do Nascimento cobrou dos representantes da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) e da Coordenação de Vigilância Sanitária Municipal (Covisa/SMS) o cumprimento da legislação vigente quanto ao controle de fluoretação.

Tagged
Top