Índice da edição de 18/06/2009

Nossas responsabilidades individuais e as crises globais, por Henrique Cortez Dois sem terra assassinados na Bordolândia Esalq pesquisa movimentação da vinhaça no solo Professor defende que o meio ambiente é fator relevante em discussão sobre desenvolvimento econômico Especialista em direito ambiental diz que ambientalistas e ruralistas podem chegar a meio termo Supremo decide que é inconstitucional a exigência de diploma para o exercício do jornalismo ‘Lei Seca’ reduz internações e óbitos em mais de 20% Desertificação ameaça

Nossas responsabilidades individuais e as crises globais, por Henrique Cortez

Imagem:IHU [EcoDebate] As grandes crises globais, a ambiental e a financeira, passam mensagens ambíguas, em que a responsabilidade das soluções é atribuída à sociedade e, em outros momentos, as soluções são externas e independentes da nossa vontade pessoal. É natural, portanto, que as pessoas também tenham opiniões ambíguas sobre estes temas. Na realidade, as duas coisas são verdadeiras. Somos pessoalmente responsáveis pelas crises e pelas soluções, ao mesmo tempo, que os grandes

Dois sem terra assassinados na Bordolândia

Segundo informações recebidas do Padre Paulo César, da CPT da Prelazia de São Félix do Araguaia, dois sem terra foram mortos a tiros, na manhã de hoje, 17/06, por caminhoneiros inconformados com o bloqueio da BR 158. Desde a semana passada constantes bloqueios da rodovia aconteceram, para chamar a atenção das autoridades para a realidade das famílias dos sem terra. O último bloqueio já durava 48 horas. Os trabalhadores mortos

Esalq pesquisa movimentação da vinhaça no solo

Estudo analisou ação do subproduto da produção de álcool em solos arenosos e argilosos. Aplicação incorreta pode contaminar lençol freático A cultura da cana-de-açúcar é de suma importância pela biomassa energética proveniente, servindo como base para todo o agronegócio sucroalcooleiro. Atualmente, o setor canavieiro proporciona cerca de 4,5 milhões de empregos diretos e indiretos em todo o Brasil e o País é o principal produtor mundial da cana-de-açúcar, tendo uma área

Professor defende que o meio ambiente é fator relevante em discussão sobre desenvolvimento econômico

O desenvolvimento econômico não pode desconsiderar os custos ambientais na avaliação do professor do Instituto de Estudos Socioambientais da Universidade Federal de Goiás (UFG) Laerte Guimarães Ferreira. Ele defende a busca de soluções integradas para as crises econômica, ambiental e social. “Não podemos tratar as crises de forma isolada. Não se pode discutir meio ambiente sem falar de pobreza, sem discutir o modelo econômico vigente. Precisamos de novos paradigmas.” 15012

Especialista em direito ambiental diz que ambientalistas e ruralistas podem chegar a meio termo

O embate pelas mudanças na legislação ambiental, protagonizado no Congresso Nacional por parlamentares das bancadas ambientalista e ruralista e até no governo, com divergências públicas entre ministros, pode encontrar um meio termo, de acordo com a especialista em direito ambiental da Universidade Federal de Goiás (UFG) Luciane Mascarenhas. No entanto, ecologistas e produtores rurais terão que abrir mão de “radicalismos” e apresentar propostas com mais fundamentos técnicos e científicos. 15009

Supremo decide que é inconstitucional a exigência de diploma para o exercício do jornalismo

Ministro Gilmar Mendes, relator do Recurso Extraordinário (RE) 511961. Foto: Gervásio Baptista/SCO/STF. (17/06/2009) Por maioria, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira, que é inconstitucional a exigência do diploma de jornalismo e registro profissional no Ministério do Trabalho como condição para o exercício da profissão de jornalista. O entendimento foi de que o Decreto-Lei 972/1969, baixado durante o regime militar, não foi recepcionado pela Constituição Federal (CF) de 1988

‘Lei Seca’ reduz internações e óbitos em mais de 20%

Avaliação do Ministério da Saúde mostra que foi positivo o impacto da nova legislação de trânsito Um ano após entrar em vigor no Brasil, a “Lei Seca” mostra resultados positivos que confirmam a importância de manter e intensificar a fiscalização de motoristas que dirigem embriagados. De acordo com levantamento do Ministério da Saúde, divulgado hoje (17), em Brasília, o número de internações provocadas por acidentes de trânsito nas capitais brasileiras reduziu

Desertificação ameaça pelo menos cem países

ONU adverte para efeitos da desertificação - Fenômeno ocorre mais intensamente por conta do aquecimento global, diz diretor de programa para o meio ambiente. Vitimas podem chegar a 1 bilhão A desertificação e a degradação dos solos ameaçam cerca de um bilhão de pessoas em mais de cem países, advertiu hoje o Programa das Nações Unidas Ambiente (PNUMA). 14995

Amigos da Terra entra na Justiça para responsabilizar BNDES por desmatamento

A organização não governamental Amigos da Terra - Amazônia Brasileira entrou, no dia 17/6, na Justiça em Belém (PA) com uma petição para que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) responda como co-responsável na ação que o Ministério Público Federal move contra 20 fazendas, o frigorífico Bertin e outras dez empresas do setor pecuário que atuam no Pará, por desmatamento ilegal da floresta amazônica. "Hoje será

SLAPR é a principal saída para conter a devastação produzida pela pecuária, afirma ambientalista

Dois estudos - A hora da Conta, da Amigos da Terra - Amazônia Brasileira, e A Farra do Boi - do Greenpeace, analisaram os impactos da pecuária na Amazônia. Ambos afirmaram que os grandes investimentos de bancos públicos são os principais fomentadores da pecuária, uma das principais responsáveis pela devastação da floresta. Como consequência, o braço para setor privado do Banco Mundial , o IFC (sigla em inglês para International

Segurança alimentar: Uma mesma crise, uma só humanidade, artigo de José Graziano da Silva

[Valor Econômico] Não se pode falar em segurança alimentar sem se contemplar a dimensão especulativa na formação dos preços Não é sempre que a geografia expressa de forma tão fiel os impasses da história. Mas a reunião dos ministros de Agricultura dos países desenvolvidos, também chamada de G-8 Agrícola, realizada numa península isolada da ilha italiana da Sardenha, surge como a metáfora pronta dos impasses do nosso tempo. O principal deles

Top