Índice da edição de 16/04/2009

Um planeta cada vez mais tóxico, por Henrique Cortez O aquecimento global reduz as perspectivas de produção do etanol de milho Anvisa divulga monitoramento de agrotóxicos em alimentos Minc afirma que aprovar simplificação do licenciamento ambiental é questão de honra Temperatura alta e vento úmido podem ser causas de temporais na Amazônia Estudo sugere que quase metade dos pacientes submetidos ao tratamento de tuberculose apresenta efeitos colaterais Atividade física moderada é segura e reduz o risco

O aquecimento global reduz as perspectivas de produção do etanol de milho

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] O aquecimento global trará severas consequencias para a agricultura e a produção de etanol de milho não será excessao. É o que afirma a pesquisa “Global Warming Will Cost American Corn Growers Billions”, da ONG Environment América. O relatório que compila dados de universidades e do governo dos EUA, avalia que o aquecimento global poderia custar US$ 1,4 bilhões por ano aos produtores. O prejuízo seria

Minc afirma que aprovar simplificação do licenciamento ambiental é questão de honra

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, discute a simplificação do licenciamento ambiental para construção de habitações populares durante reunião do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) Foto: Elza Fiúza/ABr O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, afirmou ontem (15) que considera “questão de honra” a aprovação da simplificação do licenciamento ambiental para habitações populares. “Tenho certeza de que será aprovado, porque 90% do Conama é favorável e ajudou a

Temperatura alta e vento úmido podem ser causas de temporais na Amazônia

Meteorologistas analisam causas das fortes chuvas na Amazônia - A temperatura acima do normal no Oceano Atlântico Norte e o transporte de ventos quentes e úmidos dessa área para a região Norte do Brasil é provavelmente a principal causa das chuvas mais intensas e freqüentes neste início de 2009 na Amazônia. Juntos, de acordo com a chefe do Instituto Nacional de Meteorologia no Amazonas (Inmet/AM), Lúcia Gularte, esses fatores estão

Estudo sugere que quase metade dos pacientes submetidos ao tratamento de tuberculose apresenta efeitos colaterais

Efeitos indesejados – Uma nova pesquisa que investigou os efeitos adversos em pacientes submetidos ao tratamento de tuberculose identificou que uma parcela de 49,1% dos indivíduos relatou efeitos colaterais. Os efeitos mais frequentes foram os relacionados ao trato gastrointestinal (40,3%) – como dor no estômago, náuseas e vômitos – e a lesões na pele (22,1%). Apesar de ter atingido um pequeno número, os efeitos colaterais que mais exigiram modificações no tratamento

Atividade física moderada é segura e reduz o risco de hospitalização e de morte em pacientes com insuficiência cardíaca

Andar em uma esteira ou pedalar em uma bicicleta ergométrica por apenas meia hora por dia é o suficiente para reduzir o risco de hospitalização ou de morte de pacientes com insuficiência cardíaca, aponta estudo feito por pesquisadores norte-americanos. A pesquisa, intitulada HF-Action, foi coordenada por Christopher O’Connor, diretor do Centro do Coração da Universidade Duke, e por David Whellan, da Universidade Thomas Jefferson, e publicada na edição de 8 de

Agrotóxicos absorvidos por elefantes-marinhos da Antártica são transmitidos aos seus filhotes

Foto: Wikispecies Pesticidas e outros compostos químicos afetam biomas muito distantes dos locais onde foram lançados. Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) constatou que elefantes-marinhos que vivem na Antártica são contaminados por compostos químicos usados em países do hemisfério Sul e transmitem essas substâncias tóxicas aos seus filhotes. Apesar de não serem utilizados no continente antártico, os compostos químicos são levados até lá pelas correntes de

O CONAMA e o uso de agrotóxicos em ambientes aquáticos, artigo de Marcelo Pompêo

Introdução Atualmente o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA) discute a proposta de resolução que disciplina a pesquisa, o registro, a comercialização e utilização de agrotóxicos em ambientes aquáticos. A leitura da versão da resolução originada do 4º GT Agrotóxico (3), ocorrida em março de 2009, suscita dúvidas. Este manuscrito visa contribuir com subsídios para a discussão da referida resolução. 12386

Câmara aprova MP que acaba com licença ambiental prévia para rodovias

No dia em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reclamou da burocracia na execução de obras, a Câmara aprovou ontem à noite um afrouxamento das regras de licenciamento ambiental para intervenções de reparo, melhoria e duplicação em rodovias federais, inclusive as que cortam a Amazônia. A mudança foi incluída — com aval da Casa Civil e resistências do ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc — na medida provisória 452,

Pesquisa indica que o glifosato produz deformações neuroniais, intestinais e cardíacas

O tóxico dos campos - [glifosato]O agrotóxico básico da indústria da soja produz deformações neuroniais, intestinais e cardíacas, mesmo em doses muito inferiores àquelas utilizadas na agricultura. O estudo, realizado em embriões, é o primeiro em seu tipo e refuta a suposta inocuidade do herbicida. A reportagem é de Darío Aranda e publicada no jornal argentino Página/12, 13-04-2009. A tradução é do Cepat. 12380

Agropecuaristas e ambientalistas alemães exigem maior rigor na concessão de biopatentes

Patente para localização de gene suíno gera protestos na Alemanha Um protesto em Munique chama atenção para risco de "patenteamento da vida". Patente sobre método para localizar gene de crescimento em suínos leva alemães a reivindicar reformulação da diretriz europeia de biopatentes. Agropecuaristas e ambientalistas saíram em passeata em Munique nesta quarta-feira (15/04) para protestar contra determinações europeias que podem levar ao patenteamento de animais e plantas. Acompanhados de 20 tratores, centenas

Comissão Europeia avalia milho transgênico MON810 da Monsanto

Imagem: Greenpeace A Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), vai "refletir" sobre o cultivo de milho transgênico, após a decisão alemã de suspendê-lo, declarou nesta quarta-feira (15) o comissário europeu para o Meio Ambiente, Savros Dimas, em Praga. "Vamos pensar sobre este assunto para tomar a decisão correta", declarou, após uma reunião informal dos ministros europeus do Meio Ambiente em Praga. Matéria da Agência France-Presse, em Praga 12374

Os transgênicos e a razão política, artigo de Mauro Santayana

Imagem: Greenpeace [Gazeta Mercantil] A Alemanha decidiu, ontem, seguindo a Áustria, a França, a Hungria, a Grécia e Luxemburgo, proibir o cultivo do milho transgênico da variedade MON810, produzido pela Monsanto. A medida contraria a Comissão Européia, que se empenhara antes em pressionar a Áustria e a Hungria a rever a proibição. No México, o país de maior consumo humano do milho, os transgênicos já foram vetados. É significativo que a Alemanha

A nova ‘Operação Amazônia’, artigo de Gerson Teixeira

Há grande coincidência entre a ação do governo de agora para ocupar a Amazônia e a concepção dos governos militares para a região [Valor Econômico] Tramita no Congresso Nacional a Medida Provisória n. 458, de 10 de fevereiro de 2009, que define a regularização de ocupações de áreas urbanas e rurais da União localizadas basicamente na Amazônia. A iniciativa do governo vem gerando fortes reações de organizações dos trabalhadores rurais e

Top