Testes avaliam produtividade do feijão orgânico

feijão

Feijão cultivado no sistema orgânico apresenta ótima produtividade – Principal vantagem do cultivo é não utilização de agrotóxicos. Oferta do produto ainda é inferior à demanda, o que eleva preço ao consumidor

Seis variedades de feijão cultivadas no sistema orgânico apresentaram excelente produtividade em experimento realizado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da USP de Piracicaba. Em média, os cultivares renderam 3.500 quilos de feijão por hectare, acima do nível considerado como boa produção, que é de 2.500 quilos por hectare. A maior vantagem do plantio orgânico é a nao utilização de agrotoxicos e preservação da saude do trabalhador e do consumidor.

A produção orgânica segue normas estabelecidas por entidades de certificação, conta a agrônoma Jaqueline Camolese de Araújo, que realizou a pesquisa. “São permitidos insumos fertilizantes como a farinha de chifre, fonte de nitrogênio, o sulfato de sódio e o termofosfato, entre outros”, diz. “O controle de pragas e doenças é feito com liberação de inimigos naturais das pragas e produtos como o óleo de Neem, extraído da árvore Azadirachta indica”.

O experimento aconteceu na fazenda Areão, na área experimental do Grupo de Agricultura Orgânica Amaranthus, em Piracicaba (interior de São Paulo), pertencente a Esalq. Ao todo, foram cultivadas quatro variedades do grupo Carioca (BRS Pérola, BRS Aporé, IAC Votuporanga e IAC Juriti) e duas do grupo Preto (IAC Tunã e BRS Valente). “Existem três épocas para plantio de feijão: seca, águas e inverno”, explica Jacqueline. “Na pesquisa, o cultivo foi realizado na época do inverno com irrigação, com algumas variedades sendo colhidas em julho e outras já em agosto”.

Todas as variedades pesquisadas se mostraram aptas ao sistema orgânico, apresentando excelente desempenho. “O rendimento médio estimado foi de 3.500 quilos de feijão por hectare”, afirma a agrônoma. “Normalmente, considera-se uma boa produção quando se obtém acima de 2.500 quilos por hectare”. O único problema com pragas foi o da vaquinha (Diabrotica speciosa), um besouro que foi controlado com óleo de Neem.

Produtividade
A principal vantagem do cultivo orgânico é a não utilização de agrotóxicos, que podem colocar em risco a saúde dos agricultores e do consumidor final. “A procura pelo feijão orgânico no mercado é muito grande, especialmente na cidade de São Paulo”, observa a pesquisadora. “Entretanto, o preço ainda é cerca de 30% superior ao do feijão cultivado de forma convencional, pois a produção é insuficiente para atender a alta demanda”.

De acordo com a engenheira agrônoma, muitos agricultores ainda têm receio de adotar o cultivo orgânico “Eles encontrarem dificuldades para obter assistência técnica especializada”, alerta. Os resultados do experimento são válidos para as condições naturais da região de Piracicaba. “Nessa área, por exemplo, chove pouco entre julho e setembro, o que reforça a necessidade de irrigação”, comenta Jacqueline. “Em outras regiões, há a necessidade de experimentos específicos para se verificar as variedades mais adequadas”.

A pesquisadora ressalta que os estudos na área de agricultura orgânica apresentam grande potencial de crescimento. “Existem vários trabalhos sobre hortaliças, especialmente em São Paulo, mas a maior parte dos experimentos de avaliação de cultivares está relacionada a variedades de soja, existentes na região Sul do Brasil”, aponta. “Ainda há muito o que pesquisar nessa área”.

A pesquisa com o feijão orgânico foi orientada pelo professor Antonio Luiz Fancelli, do Departamento de Produção Vegetal da Esalq. Os resultados foram apresentados na dissertação de mestrado da engenheira agrônoma, que aconteceu em agosto do ano passado.

Mais informações: (19) 8133-8289

Matéria de Júlio Bernardes, da Agência USP de Notícias.

[EcoDebate, 31/03/2009]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta que envie um e-mail para newsletter_ecodebate-subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Um comentário em “Testes avaliam produtividade do feijão orgânico

  1. A SOMA de ESFORÇOS dos Produtores Rurais & Categoria dos FFA’s é a SOLUÇÃO ! ! ! ! ! ! ! !

    A Produção Orgânica é o Melhor RECURSO de que dispomos para produzir Alimentos de Melhor Qualidade NUTRICIONAL e o mais indicado para a Preservação do MEIO AMBIENTE e a BIODIVERSIDADE.

    A HUMANIDADE sempre explorou a natureza para a sua sobrevivência, porém de forma errada, sem medir as conseqüências, e com isso tudo está se esgotando, gerando-se muita POLUIÇÃO que produz a LASTIMÁVEL SITUAÇÃO em que se encontra o PLANETA TERRA.

    Todos os nossos Produtores Rurais podem / devem desenvolver PROJETOS para Produção de AGUAPÉ porque esse VEGETAL pode muito bem ser utilizada para Produção de BIOFERTILIZANTES de que necessitarão na sua Produção ORGÂNICA, podendo, também, ser utilizados para Formulação de RAÇÕES na Produção de Bovinos, Suínos, Ovinas, entre outros, como, também, pode ser utilizados para muitos outros fins – para isso requer Baixo Investimento na Implementação de Micro & Pequenas Barragens que servirá para garantir Grandes Reservas de Água de que o Produtor Rural necessita nas suas atividades, como para a Produção da AGUAPÉ e até mesmo para Implementação Micro & Pequena Hidrelétrica para consumo próprio.

    A Sociedade Brasileira, em especial os nossos Pesquisadores, como os Governantes e Parlamentares, precisam aprender a valorizar os trabalhos que geram TECNOLOGIAS SIMPLES, de BAIXOS CUSTOS & SUSTENTÁVEIS que utilizam RECURSOS da NATUREZA, capaz de simultaneamente contribuir, de forma expressiva, para REVERTER a SITUAÇÃO em que se encontra o PLANETA TERRA – o AGUAPÉ é a SOLUÇÃO ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !

    Todo Ser Humano precisa se CONSCIENTIZAR & LUTAR, com ÉTICA, pela Preservação Meio Ambiente e de toda a Biodiversidade do Planeta TERRA, nisso inclui-se a própria Preservação da Vida Humana.

    Os Fiscais Federais Agropecuários do Ministério da Agricultura precisam empenhar esforços visando promover maior utilização desse importante RECURSO TECNOLÓGICO – Produção ORGÂNICA, certo que promoverá Redução da Poluição das ÁGUAS com Agrotóxicos (Defensivos Agrícolas) e Fertilizantes, contribuindo para a Melhor Preservação do Meio Ambiente e da Biodiversidade.

    Você pode ajudar a Sociedade Brasileira, dando as suas contribuições para criar e / ou fundar a ANPIA – Associação Nacional dos Profissionais Interessados pela AGUAPÉ

    O AGUAPÉ poderá abrir Uma Fantástica Porta para VOCÊ, Pesquisador ÉTICO ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !

    MISSAO TANIZAKI
    Fiscal Federal Agropecuário
    Bacharel em Química
    missao.tanizaki@agricultura.gov.br (ESTÁ PARA MUDAR)
    Esplanada dos Ministérios, Bloco “D”, Sala 346-B, Brasíla/DF

    TUDO POR UM BRASIL / MUNDO MELHOR

Comentários encerrados.

Top