Índice da edição de 04/02/2009

A insegurança alimentar ameaça 15% da população mundial, por Henrique Cortez Estudo diz mais de 1/3 das crianças e adolescentes saudáveis dos EUA tomam vitaminas desnecessariamente, por Henrique Cortez As mudanças climáticas e a adaptação da agricultura Comunidade bloqueia acesso à Alcoa e MPF/PA pede presença do governo para discutir reivindicações Estudo feito nos EUA avalia impactos econômicos de biocombustíveis para a saúde e o meio ambiente Mudanças climáticas e fitopatologia É preciso mudar radicalmente o

A insegurança alimentar ameaça 15% da população mundial, por Henrique Cortez

[EcoDebate] A produção agrícola mundial é, comprovadamente, mais do que suficiente para alimentar toda a população do planeta. Mesmo assim enfrentamos uma inaceitável crise alimentar. A partir de dados estatísticos coletados em 2006, a FAO (Food and Agriculture Organization, das Nações Unidas) pôde afirmar que a produção de alimentos no planeta é suficiente para garantir à população mundial uma dieta diária de quase 3.000 calorias. Portanto, o problema da fome episódica

Estudo diz mais de 1/3 das crianças e adolescentes saudáveis dos EUA tomam vitaminas desnecessariamente, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Um estudo de pesquisadores da University of California Davis School of Medicine, na edição online da revista Archives of Pediatric & Adolescent Medicine concluiu que mais de 1/3 das crianças e adolescentes saudáveis nos Estados Unidos tomam, diariamente, suplementos vitamínicos e minerais sem precisar. Por outro lado, o estudo também constatou que as crianças que mais precisam de vitaminas não estão sendo medicadas. O mesmo efeito, potencialmente, também

As mudanças climáticas e a adaptação da agricultura

[EcoDebate] Diversas pesquisas internacionais indicam que, cada vez mais, os severos impactos que o aquecimento global e as mudanças climáticas terão agricultura, com especial efeito negativo nas zonas tropicais. É natural, portanto, que o mesmo seja verdade no Brasil. O RS, por exemplo, em 10 anos já enfrentou 5 severas estiagens. No entanto, surpreendentemente, este é um tema raramente discutido no Brasil, o que é uma insensatez em um país que se

Comunidade bloqueia acesso à Alcoa e MPF/PA pede presença do governo para discutir reivindicações

O protesto é contra a falta de diálogo da mineradora com os comunitários Famílias ribeirinhas de Juruti, no oeste do Pará, bloquearam neste fim de semana a estrada que dá acesso à empresa. O protesto é contra a falta de diálogo da mineradora com os comunitários, que querem discutir os impactos socioambientais decorrentes da implementação da empresa na área. Desde a última quarta-feira, 28 de janeiro, as famílias mantêm

Estudo feito nos EUA avalia impactos econômicos de biocombustíveis para a saúde e o meio ambiente

Custos dos biocombustíveis: custo do etanol de milho pode ser até duas vezes maior que o da gasolina Um estudo feito nos Estados Unidos destaca que substituir a gasolina ou o etanol de milho por etanol celulósico pode ser ainda melhor do que se imaginava para a saúde e o meio ambiente. A pesquisa será publicada esta semana no site e em breve na edição impressa da revista Proceedings of the

Mudanças climáticas e fitopatologia

A revista Scientia Agricola acaba de lançar um número especial com 15 artigos dedicados ao tema “Agrometeorologia e doenças de plantas”. O periódico, que é o órgão oficial de divulgação científica da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), é indexado nas bases Web of Science e SciELO, onde os artigos podem ser acessados gratuitamente. De acordo com os editores, o tema está relacionado com

É preciso mudar radicalmente o método de decidir e colocar em prática projetos hidrelétricos no Brasil. Entrevista especial com Lúcio Flávio Pinto

A polêmica construção da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu (Pará) é o tema da entrevista realizada por e-mail pela IHU On-Line com o jornalista Lúcio Flávio Pinto. Para ele, a hidrelétrica foi concebida para atender os grandes consumidores de energia, no caso, as fábricas de alumínio da Albrás, no Pará, e da Alumar, em São Luís do Maranhão. Lúcio Flávio acrescenta que o objetivo do projeto não é

Fiscalização localiza áreas de desmate recente na região norte de Mato Grosso e apreende sete tratores

Foto de arquivo Três equipes de fiscais da Coordenadoria de Fiscalização de Florestas e Unidades de Conservação, vinculada a Superintendência de Fiscalização da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) estão localizando e autuando proprietários de várias áreas de desmatamento recentes na região Norte do Estado, nos municípios de Cláudia, Vera, Nova Ubiratan, Sorriso e Sinop. No município de Nova Ubiratã (502 km ao Norte de Cuiabá) foi localizada uma grande

Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) lança cartilha sobre o Fomento Florestal

O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) do estado do Espírito Santo, Brasil, publicou, com o apoio do Movimento Mundial pelas Florestas (WRM), uma cartilha chamada “Um Alerta sobre o Fomento Florestal: experiências e alternativas”. O programa de Fomento Florestal – o plantio de eucalipto por agricultores – foi criado em 1990 pela Aracruz Celulose, como estratégia para ampliar as plantações de eucalipto sem precisar comprar mais terras, o que era proibido

Seminário organizado pela UFPR analisa a recuperação das cidades atingidas pelas enchentes em Santa Catarina

Pomerode(SC)- Foto enviada por leitores da região afetada pelas chuvas Foto: Divulgação/ABr “Está na hora de reconstruir”. Esse é o tema de um seminário que irá reunir pesquisadores, engenheiros e administradores de todo País em Itajaí, Santa Catarina, dias 18 e 19 de fevereiro. Organizado pela Sociedade Brasileira de Recuperação de Áreas Degradadas e Universidade Federal do Paraná, tem a finalidade de levar conhecimentos e técnicas para recuperar as cidades

IPCC: o clima em alerta, artigo de Mario Eugenio Saturno

[Gazeta do Sul] O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) de São José dos Campos sediou a reunião do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) de 26 a 30 de janeiro de 2009, pela primeira vez no país. Esse encontro teve o objetivo de elaborar um relatório especial sobre energias renováveis. Participam 150 cientistas de 48 países, sendo sete do Brasil. O relatório Fontes Renováveis de Energia e Mitigação da

Top