Índice da edição de 23/01/2009

Janeiro na História, artigo de Carlos R. Spehar Estudo associa o aumento da expectativa de vida à redução da poluição atmosférica, por Henrique Cortez Pesquisa identifica aumento da mortalidade entre idosos afetados pelo furacão Katrina, por Henrique Cortez CPT: 49% dos trabalhadores resgatados da escravidão em 2008 estavam no setor sucroalcooleiro Incra: demissões devem aumentar demanda por terra Governo anuncia mudanças na legislação para facilitar a regularização de terras na Amazônia Do lado dos últimos. Entrevista

Janeiro na História, artigo de Carlos R. Spehar

[EcoDebate] Janus Bifronte, este era o nome do deus romano que marcava as mudanças. Tinha duas faces: uma voltada para o passado e outra para o futuro. Daí janeiro, o nome dado ao primeiro mês do ano. Quando se estabeleceram os referenciais, isto é, a contagem do tempo, ninguém parava para pensar sobre quantos janeiros contaria a humanidade. Por longo período, o mês marcava a passagem para o futuro, de esperanças,

Estudo associa o aumento da expectativa de vida à redução da poluição atmosférica, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Um novo estudo [Fine-Particulate Air Pollution and Life Expectancy in the United States], publicado no New England Journal of Medicine, conclui que os norte-americanos estão respirando melhor e, com isto, vivendo mais. O estudo avaliou as alterações na expectativa de vida em relação às mudanças na quantidade de partículas finas, a poluição do ar nos Estados Unidos, durante duas décadas. Até ao ano de 2000, os americanos estavam vivendo uma

Pesquisa identifica aumento da mortalidade entre idosos afetados pelo furacão Katrina, por Henrique Cortez

Nova Orleans debaixo d'água. Foto da Wikipédia [EcoDebate] No ano seguinte o furacão Katrina, a saúde dos sobreviventes, com 65 anos ou mais, piorou mais de 4 vezes em relação a de uma amostra nacional de adultos mais velhos não afetados pelo desastre, de acordo com um estudo [Health of Medicare Advantage Plan Enrollees at 1 Year After Hurricane Katrina] conduzido por pesquisadores do Johns Hopkins Bloomberg School of Public

CPT: 49% dos trabalhadores resgatados da escravidão em 2008 estavam no setor sucroalcooleiro

De acordo com dados da Campanha Nacional da CPT de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo, no ano de 2008, 2.553 trabalhadores, 49% dos resgatados da escravidão, estavam no setor sucroalcooleiro. Os dados mostram, também, que a pecuária foi a segunda atividade que mais utilizou mão-de-obra escrava em 2008, com 1.026 trabalhadores resgatados. Ao todo, em 2008, 5.244 trabalhadores foram resgatados durante ações de fiscalização que atenderam 214 denúncias.

Incra: demissões devem aumentar demanda por terra

O presidente do Incra, Rolf Hackbart, acredita que o fechamento de postos de trabalho nas cidades, em conseqüência da crise financeira internacional, pode gerar um fluxo migratório rumo ao interior Foto: Elza Fiúza/ABr A onda de desemprego, por causa da crise financeira internacional, deve engrossar as fileiras do movimento de reforma agrária e exigir um esforço ainda maior do governo para atender à demanda por terra. 8930

Governo anuncia mudanças na legislação para facilitar a regularização de terras na Amazônia

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Rolf Hackbart, após reunião sobre regularização fundiária na Amazônia, realizada no Palácio do Planalto Foto: Wilson Dias/ABr Quase um ano após o lançamento do Plano Amazônia Sustentável (PAS) o governo anunciou ontem (22) que vai simplificar a complexa legislação que trata da posse da terra nas áreas de floresta para permitir

Do lado dos últimos. Entrevista com Vandana Shiva

Os “pobres”, defende Vandana Shiva, não são aqueles que “ficaram para trás”, por serem incapazes de jogar as regras do capitalismo, mas aqueles que ficaram excluídos de todo jogo e aos quais foi impedido o acesso aos próprios recursos de um sistema econômico que destrói o controle público sobre o patrimônio biológico e cultural. Estar “do lado dos últimos” (como diz o título de um recente livro seu publicado pelas

Febre amarela no Rio Grande do Sul. Entrevista especial com Paulo Sabroza

Considerado um dos maiores epidemiologistas do Brasil, Paulo Sabroza explica, na entrevista a seguir, concedida à IHU On-Line por e-mail, a ocorrência da febre amarela no Brasil, principalmente no Rio Grande do Sul, esclarecendo que “o que é certamente novo, e muito preocupante, é o registro, nas últimas duas décadas, de epizootias em primatas selvagens em áreas muito próximas de centros urbanos nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e, agora, no Sul.

Brasileiros se dizem preocupados com ambiente, mas poucos agem

Praticamente todos os brasileiros se preocupam com o aquecimento global e gostariam de tomar medidas para combatê-lo. Mas apenas uma pequena parcela tomou alguma atitude no último ano para utilizar fontes de energia e combustível mais limpas. É o que revela uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria empresarial Accenture que entrevistou 10.733 pessoas em 22 países. A reportagem é de Alexandre Gonçalves e publicada pelo jornal O Estado de

Área de plantio de cana será aumentada, mas governo diz que vetará expansão para Amazônia, Pantanal e regiões com vegetação nativa

Depois de uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros quatro ministros, Carlos Minc (Meio Ambiente) anunciou ontem que o governo vai lançar em fevereiro o zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar e a lei para redução das queimadas na produção de cana. Segundo Minc, será autorizada expansão da área de cultivo da cana dos atuais sete milhões de hectares para 13 milhões de hectares, até 2017. Isso

Volume de alimentos desperdiçados no país alimentaria 35 milhões de pessoas

"1/3 de tudo que você compra vai direto para o lixo" é o slogan da campanha de conscientização que o Instituto Akatu - Pelo Consumo Consciente acaba de lançar na internet (www.akatu.org.br) e negocia para ganhar páginas de revistas e a tela da tevê. O que a princípio pode parecer mais uma frase de impacto, é uma tradução da realidade brasileira. Pesquisas feitas pelo instituto, em parceria com um grande

Segundo a ONU, em 2008, aumentaram os desastres naturais relacionados às mudanças climáticas

A freqüência dos desastres naturais relacionados a mudanças climáticas vem aumentando, principalmente as enchentes, em relação à média registrada entre 2000 e 2006, segundo um relatório tornado público nesta sexta-feira pela Organização das Nações Unidas (ONU). Das 197 milhões de vítimas por desastres naturais, 164 milhões foram por inundações. Da Agência EFE. 8908

Novos dados mostram que a Antártica está aquecendo mais do que se estimava

As áreas em vermelho indicam as que sofreram um aquecimento significativo. Foto: NASA and E.J. Steig Calor polar - Cientistas que estudam mudanças climáticas estimavam que, enquanto o resto do mundo está se aquecendo, grande parte da Antártica estava no sentido contrário, tornando-se cada vez mais fria. Mas um novo estudo mostra que nos últimos 50 anos o continente tem aquecido em taxas comparáveis com as dos demais. Segundo artigo publicado na

FSM: cobranças à vista para a política ambiental brasileira, artigo de Maurício Thuswohl

Ator relevante nas negociações ambientais multilaterais travadas ao longo dos últimos anos, o Brasil será objeto de cobranças internas e externas, e caberá ao governo a complexa tarefa de demonstrar para ambos os públicos que as políticas ambientais seguem se fortalecendo no país. [Carta Maior] A realização do próximo Fórum Social Mundial (FSM) em Belém colocará autoridades públicas e ativistas sociais de todas as partes do mundo, literalmente, no centro da

Ação decisiva contra a fome, artigo de Jeffrey D. Sachs

[Valor Econômico] Atualmente, a crise mundial da fome tem uma gravidade sem precedentes e exige medidas urgentes. Perto de um bilhão de pessoas estão presas numa armadilha de fome crônica - possivelmente 100 milhões a mais do que dois anos atrás. A Espanha está assumindo a liderança mundial no combate à fome, ao convidar líderes mundiais a Madri em fins de janeiro para passar das palavras à ação. Sob a

Top