Índice da edição de 19/12/2008

Um em cada três municípios tinha mais da metade da população na pobreza absoluta em 2003 INPE e SOS Mata Atlântica divulgam dados de desmatamento nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Vitória Litoral brasileiro é declarado ‘Santuário de Baleias e Golfinhos’ ICMBio reconhece que apenas 5% das unidades de conservação do país têm gestão adequada Células fotoeletroquímicas e fotovoltaicas desenvolvidas no Instituto de Química da Unicamp têm preço até 80%

Um em cada três municípios tinha mais da metade da população na pobreza absoluta em 2003

Um em cada três municípios brasileiros tinha mais da metade de sua população vivendo na pobreza absoluta em 2003. Na Região Nordeste, que concentrava o maior número de cidades nessa situação, o índice era de 77%, mais do que o dobro da média nacional (32,6%). A constatação faz parte do Mapa de Pobreza e Desigualdade, divulgado ontem (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 7777

INPE e SOS Mata Atlântica divulgam dados de desmatamento nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Vitória

Levantamento baseado em imagens de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) aponta que o desmatamento na Mata Atlântica aumentou nos últimos três anos nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Os dados foram anunciados nesta quarta-feira (17/12) pela Fundação SOS Mata Atlântica, que em parceria com o INPE publica desde 1990 o Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica. 7774

Litoral brasileiro é declarado ‘Santuário de Baleias e Golfinhos’

De julho a Novembro há presença de Baleias Jubarte em Abrolhos - Costa das Baleias - Extremo Sul da Bahia - Brasil. Foto do sítio AbrolhosNet Baleias como a jubarte, mink, orca, baleia azul, franca e bryde e várias espécies de golfinhos, entre eles o rotador, já podem desfrutar a costa brasileira como um santuário de preservação, proteção e de uso não letal de suas espécies. Decreto do presidente Lula, publicado

ICMBio reconhece que apenas 5% das unidades de conservação do país têm gestão adequada

Das 299 unidades de conservação (UCs) espalhadas pelo país, apenas 16 têm gestão considerada satisfatória pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela administração dessas áreas, que somam quase 80 milhões de hectares de território. “Somente 5% das unidades estão no patamar da gestão consolidada, desejada”, reconheceu ontem (18) o presidente do Instituto, Rômulo Mello. Das unidades com “gestão consolidada”, apenas uma está situada na Amazônia: a Floresta

Células fotoeletroquímicas e fotovoltaicas desenvolvidas no Instituto de Química da Unicamp têm preço até 80% inferior

A professora Ana Flávia Nogueira, coordenadora do LNES, e o aluno de pós-doutorado Agnaldo e Souza Gonçalves: equipe conta com 15 integrantes (Foto: Antoninho Perri) Barateando a energia solar - Em apenas uma hora, o Sol despeja sobre a Terra uma quantidade de energia que seria suficiente para suprir, durante um ano, todo o consumo global. Apesar disso, a energia solar ainda é pouco explorada no mundo e particularmente no Brasil.

Pesquisadores do MIT confirmam que as mudanças climáticas afetarão drasticamente as fontes de abastecimento de água, por Henrique Cortez

Os modelos climáticos do IPCC indicam que as mudanças climáticas afetarão o regime de chuvas, alterando as precipitações em diversas partes do planeta. No entanto, até agora, ainda não havia como avaliar os impactos nos aqüíferos, mesmo com alterações nas precipitações. Pesquisadores do MIT acreditam que conseguiram desenvolver um modelo de análise que avalia as mudanças regionais, decorrentes de mudanças climáticas globais, que podem afetar abastecimento de água. 7762

CNJ promoveu audiência pública ontem em Belém ouvindo reclamações sobre Justiça do Pará

Na foto, Calderaro -Editor de Jornalismo, Gilson Dipp -Ministro do CNJ e Nelson Tembra -Engenheiro Agrônomo O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promoveu ontem audiência pública em Belém, ocasião em que a sociedade paraense teve a oportunidade de expor suas reclamações e fazer sugestões sobre o Judiciário do Pará. A reunião foi aberta pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp. O evento faz parte de uma inspeção da Corregedoria no

A Agência de Proteção Ambiental dos EUA deverá avaliar os riscos cumulativos da utilização de produtos que contenham ftalatos

A Agência de Proteção Ambiental dos EUA (U.S. Environmental Protection Agency) deverá analisar se múltiplas exposições a produtos químicos chamados ftalatos - usados em cosméticos, aparelhos médicos, e briquedos infantis - podem causar efeitos adversos para a saúde. É o que afirma um novo relatório do National Research Council. 7756

Governo recua e anula anistia a desmatadores da Amazônia

Decreto beneficiava fazendeiros que invadiram área de reserva legal BRASÍLIA. O governo voltou atrás e excluiu a Amazônia da suspensão de embargos para quem invadiu áreas de reserva legal, parcela da propriedade que não pode ser desmatada. O artigo da discórdia é o 152-A, que suspende, até dezembro de 2009, as punições aos fazendeiros que plantaram em áreas que não deviam. Esta é a segunda mudança feita no decreto de crimes

Em um ano, avança 66% área de floresta amazônica degradada

Como degradação antecede corte raso, desmate em 2009 pode explodir sem ação adequada A área de floresta degradada por atividades humanas na Amazônia em 2008 foi 66% maior do que em 2007, apesar de a área desmatada ter sido praticamente igual nos dois anos, segundo os cálculos de um novo sistema de monitoramento via satélite lançado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Os números, obtidos com exclusividade pelo Estado, são

Primeira etapa da construção da hidrelétrica de Santo Antônio, no rio Madeira, deixa 11 t de peixes mortos

Porto Velho (RO) - A Cachoeira de Santo Antônio, que será submersa caso se construa a usina de mesmo nome no Rio Madeira. Essa barragem ficaria ali, e a de Jirau, 126 quilômetros rio acima Foto: Wilson Dias/ABr Onze toneladas de peixes mortos -inclusive dos polêmicos bagres- foi o saldo da primeira etapa da construção da hidrelétrica de Santo Antônio, no rio Madeira (RO), segundo a empresa responsável pela obra,

Top