Índice da edição de 15/12/2008

Interconexão entre as crises. Entrevista com Eric Toussaint Brasil não conseguiu negociar no Mercosul regime comum de comércio para pneus remoldados ICMS Verde entra em vigor no RJ em 2009 para incentivar proteção ao meio ambiente Manaus realiza estudos para aumentar número de corredores ecológicos urbanos A energia nuclear ganha novo fôlego, mas as críticas e dúvidas permanecem Antes eco-chato que eco-burro, artigo de Elaine Tavares A crise econômica e a luta contra as mudanças climáticas.

Interconexão entre as crises. Entrevista com Eric Toussaint

Imagem: Stockxpert “É preciso realizar uma ruptura radical”, diz Eric Toussaint, ao comentar as soluções para resolver as crises mundiais, em entrevista exclusiva à IHU On-Line, concedida por telefone, na última semana. Para ele, chegou o momento da humanidade romper com o capitalismo, mas antes disso, explica, é preciso tomar uma série de medidas imediatas. Na área das finanças, adverte, “é preciso restabelecer um controle muito rígido sobre o movimento de

Brasil não conseguiu negociar no Mercosul regime comum de comércio para pneus remoldados

O Brasil bem que tentou, mas não conseguiu negociar com os sócios do Mercosul um regime comum para comercialização de pneus remoldados, de forma a evitar a suspensão das compras deste produto do Uruguai e do Paraguai, como determinado pela Organização Mundial do Comércio (OMC). Como precisa apresentar uma solução ao órgão até o dia 17 (quarta-feira), a diplomacia brasileira tentará, durante a Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul,

ICMS Verde entra em vigor no RJ em 2009 para incentivar proteção ao meio ambiente

Criado por uma Lei de outubro de 2007, o ICMS Verde (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entra em vigor no início do próximo ano, com o objetivo de consolidar a intenção do estado do Rio de Janeiro de incentivar a proteção ao ambiente “através da incorporação de critérios de conservação ambiental na fórmula de repasse do imposto aos municípios fluminenses”. 7579

Manaus realiza estudos para aumentar número de corredores ecológicos urbanos

A Prefeitura de Manaus está ultimando os estudos através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) para a criação de dois novos corredores ecológicos em Manaus. O objetivo é dar continuidade ao Programa Corredores Ecológicos do Ministério do Meio Ambiente (MMA) em 2009 e expandir as ações do programa federal que visa proteger as áreas que funcionam como elos entre fragmentos florestais urbanos e áreas protegidas, garantindo a conectividade entre

A energia nuclear ganha novo fôlego, mas as críticas e dúvidas permanecem, por Henrique Cortez

A energia nuclear “nasceu” pela vontade militar e para uso militar, como ficou evidente na “inauguração” da era do átomo em Hiroshima e Nagasaki. De lá para cá, milhares de armas nucleares foram construídas e estocadas, mas as aplicações civis e pacíficas também conheceram um grande avanço. Nos dois casos, entretanto, permanece a sombra dos segredos militares, das informações incompletas e insuficientes e uma verdadeira aversão a qualquer proposta de

Antes eco-chato que eco-burro, artigo de Elaine Tavares

Blumenau (SC) - Ponte sobre o Riacho Garcia no bairro Progresso destruída durante os temporais no Vale do Itajaí, em Santa Catarina Foto: Wilson Dias/ABr "Tudo o que acontece à Terra - acontece aos filhos da Terra. O homem não teceu a teia da vida - ele é meramente um fio dela. O que quer que ele faça à teia, ele faz a si mesmo". (Chefe Seatlle) Por todo o estado o clima é

A crise econômica e a luta contra as mudanças climáticas. Entrevista com Nicholas Stern

Há dois anos, publicou o relatório que mudou a percepção econômica do “global warning” mostrando que ficar parados olhando o crescimento do caos climático custa de cinco a 20 vezes mais do que arregaçar as mangas e colocar em prática a nova economia baseada no uso inteligente da energia. Agora, lord Nicholas Stern, ex-economista-chefe do Banco Mundial que se dedicou à análise do aquecimento global, participou da conferência da ONU

Aqüíferos transfronteiriços: Debaixo da terra, em meio a conflitos, artigo de Washington Novaes

[O Estado de S.Paulo] Há poucas semanas, na Assembléia-Geral da ONU, foi aprovado um primeiro esboço de regras que permitam solucionar, "de maneira eqüitativa e razoável", conflitos entre países e governos a respeito do uso de aqüíferos subterrâneos compartilhados. Se se chegar a um acordo, poderá ser avanço importante, já que os aqüíferos subterrâneos respondem por 50% do abastecimento de água potável no mundo, 40% da água de uso industrial

Reserva Raposa Serra do Sol fortalece mais a União do que índios aparentemente vitoriosos

Índios fazem manifestação em frente ao Supremo Tribunal Federal, na véspera do julgamento da ação que pede a suspensão da demarcação contínua da Terra Indígena Raposa Serra do Sol Foto: José Cruz/ABr "A decisão que está sendo tomada, sobretudo as 18 condições que o ministro Menezes Direito estabeleceu para o reconhecimento do princípio da reserva territorial contínua, longe de dar à decisão do Supremo o caráter de uma vitória dos índios,

Povos indígenas do Cerrado sofrem graves ameaças com agronegócio

Cerca de 70 lideranças indígenas, representantes de 30 povos de diversos estados do Cerrado brasileiro que sofrem com o avanço do agronegócio no entorno e, por vezes, dentro de suas próprias terras indígenas, discutiram a situação em que se encontram essas áreas no encontro “O impacto da soja sobre as terras indígenas do Cerrado” que aconteceu entre os dias 07 e 12 de dezembro, na Terra Indígena Wawi – Kisêdjê

Índios são ameaçados e agredidos em PCHs no rio Juruena

Quatro índios da etnia Enawenê-Nawê denunciaram a Polícia caso de agressão e ameaça sofrida no interior da PCH Telegráfica, localizada na divisa de Juína com o município de Sapezal, no rio Juruena. Eles estavam acompanhado dos chefe administrativo da Fundação Nacional do Índio (Funai) no momento em que apresentaram o caso para a Polícia Militar. Matéria de Marco Di Perez, TV Record de Juína. 7554

Top