Índice da edição de 24/11/2008

Quem não tiver ideologia que atire a primeira pedra, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Corrigindo para Sobreviver, artigo de Carlos R. Spehar CPT/MG denuncia que continua impune o ‘acidente’ criminoso com 14 bóias-frias mortos e outros 18 feridos Comunidades ribeirinhas comemoram resultado de pesca controlada de pirarucu Floresta pode ser explorada de forma correta, diz fazendeiro de Anapu Ministério da Saúde divulga novo mapa da dengue no Brasil Pesquisa afirma que a suplementação de cálcio e

Quem não tiver ideologia que atire a primeira pedra, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

[EcoDebate] De um lado a fome, sede e crise ambiental mundial. Do outro a insistência das elites mundiais nos agrocombustíveis, como aconteceu em S. Paulo esses dias. Fatos como esse nos obrigam a reconsiderar a famosa “luta de classes”. Quando esse assunto espinhoso e crucial entra em pauta, somos acusados de “ideologizados e promotores da luta de classes”. 6787

Corrigindo para Sobreviver, artigo de Carlos R. Spehar

[EcoDebate] O aperfeiçoamento dos processos na atividade humana, mais do que uma necessidade, é indispensável à sobrevivência. Nos sistemas agrícolas não poderia ser diferente. Eles são diretamente dependentes da capacidade de perceber e internalizar que a vida, como um todo, fundamenta-se na diversidade. Quando o cidadão urbano, em qualquer parte do mundo, faz uma pausa para as refeições, nem imagina o que se passou até degustar o alimento que lhe

CPT/MG denuncia que continua impune o ‘acidente’ criminoso com 14 bóias-frias mortos e outros 18 feridos

Tragédia do Modelo de “Desenvolvimento” do Campo Brasileiro Nós da Comissão Pastoral da Terra – CPT – manifestamos nossa indignação e exigimos justiça em vista da tragédia que resultou na morte de 14 bóias-frias e 18 feridos que trabalhavam na lavoura do café na fazenda Vargem Grande, propriedade de José Ananias Coutinho, dia 19 de agosto de 2008 na cidade de Santo Antônio do Amparo (centro-oeste do estado de Minas Gerais)

Comunidades ribeirinhas comemoram resultado de pesca controlada de pirarucu

O pirarucu (Arapaima gigas), em foto da Wikipédia Pescadores das comunidades ribeirinhas Viva Bem e São João do Araçá, a cerca de 180 quilômetros de Manaus, vão garantir um lucro extra para suas famílias. Eles participaram essa semana da pesca manejada (controlada) de pirarucus em Itacoatiara (AM). Depois de realizar a contagem e a retirada de aproximadamente 3,5 toneladas de pirarucus do lago Babaçu, localizado nas proximidades do rio Arari, os

Floresta pode ser explorada de forma correta, diz fazendeiro de Anapu

O fazendeiro Antonio Napoli Velho, de Anapu , fala sobre o uso da terra na região Foto: Antônio Cruz/ABr Para o gaúcho Antonio Napoli Velho, que vive há 27 anos em Anapu, no sudeste do Pará, os projetos de manejo são economicamente viáveis, mas é preciso fazer de forma não gananciosa, dentro de preceitos ecologicamente corretos Nascido no sul do país, Gaúcho, como é conhecido na região, vivenciou momentos importantes da história

Ministério da Saúde divulga novo mapa da dengue no Brasil

Para Temporão, apesar da melhora apontada pela análise dos estratos, a dengue exige alerta constante e ações contínuas. “É importante que os prefeitos que se reelegeram e aqueles que vão assumir o cargo em janeiro dêem prioridade ao combate à dengue para evitar surtos e óbitos pela doença”, afirmou o ministro. “A população também deve contribuir colocando areia nos pratos dos vasos de planta, verificando se a caixa d’água está

Pesquisa afirma que a suplementação de cálcio e vitamina D não está associada à redução do risco de câncer de mama

Journal of the National Cancer Institute Volume 100, Number 22, 19 November 2008 Tomar suplementos de cálcio e vitamina D não reduz a incidência do câncer da mama em mulheres pós-menopausa, de acordo com os dados de um estudo randomizado, controlado por placebo, publicado no Journal of the National Cancer Institute, volume 100, número 22, edição de 19 de novembro de 2008. Por Henrique Cortez, do EcoDebate. 6771

EUA: Relatório denuncia o aumento das emissões de mercúrio pelas usinas termelétricas a carvão

Termelétrica a carvão, nos EUA, em foto de arquivo As 50 mais poluentes usinas termelétricas a carvão, nos EUA, emitiram, para a atmosfera, 20 toneladas de mercúrio tóxico em 2007. É o que afirma um novo relatório da ONG Environmental Integrity Project. Todas as termelétricas avaliadas apresentaram um aumento emissões de mercúrio em comparação com 2006. Por Henrique Cortez*, do EcoDebate. 6768

Com que números se planejará? artigo de Washington Novaes

[O Estado de S.Paulo] Quanto questionado em entrevistas coletivas sobre alguma estatística desfavorável ao governo a que pertencia, o falecido ministro Roberto Campos costumava ironizar e dizer que números poderiam demonstrar qualquer coisa. Por exemplo (hipotético), se cinco pessoas comiam muito enquanto outras cinco comiam quase nada, seria possível afirmar que, na média geral, todas comiam razoavelmente. Talvez o ministro devesse ser convocado neste momento para explicar algumas estatísticas. 6765

Índice de Desenvolvimento Familiar (IDF) descreve onde e como vivem os pobres mais pobres do Brasil

Os pobres mais pobres do Brasil estão onde o assistencialismo público equivale a pouco mais do que uma esmola social e o trabalho assalariado praticamente inexiste. O Ministério do Desenvolvimento Social criou o Índice de Desenvolvimento Familiar (IDF) que descreve um novo mapa da pobreza no país. A combinação desses dois fatores - assistencialismo equivalente a pouco mais do que uma esmola social e o trabalho assalariado praticamente inexiste.- com a

Governadores pedem ajuda de países ricos para salvar Amazônia

Mapa da Amazônia Legal Blairo Maggi (MT), Ana Carepa (PA) e Eduardo Braga (AM) apresentaram conta de R$ 7,5 bi/ano em evento nos EUA Os governos de estados da Amazônia esperam receber de países ricos investimentos da ordem de bilhões de reais para frear o desmatamento ao mesmo tempo que promovem a inclusão social da população da região. Eles reconhecem, na prática, que não conseguem cuidar sozinhos da floresta e precisam da

Top