Índice da edição de 02/07/2008

Os povos indígenas do Xingu e a hidrelétrica Belo Monte, artigo de Dom Erwin Krautler O Brasil é grande, mas o mundo é pequeno, artigo de Eduardo Viveiros de Castro Usinas de cana de Pernambuco autuadas por crime ambiental Desmatamento causado por usinas de cana pode prejudicar etanol brasileiro, alerta Minc Sucata pós-moderna: Pesquisadores e ambientalistas discutem impacto do lixo eletrônico em encontro nacional Estudo revela que crianças consomem medicamentos de forma indiscriminada Peruíbe, SP: MPF

Os povos indígenas do Xingu e a hidrelétrica Belo Monte, artigo de Dom Erwin Krautler

"É teu povo, Senhor, que eles massacram, é tua herança que eles humilham!" (Sl 93 (94),5). O Xingu é um rio peculiar e único. Não dá para compará-lo com qualquer outro rio da Amazônia. Só ele faz aliança com o majestoso Amazonas através de um largo delta. Na foz, suas lindas águas verde-esmeralda se mesclam com as águas barrentas do rio-mar no qual se perde finalmente acima do Forte de Santo

O Brasil é grande, mas o mundo é pequeno, artigo de Eduardo Viveiros de Castro

[ISA] Ao contrário do que disse o ministro extraordinário de Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger, a Amazônia não é uma “coleção de árvores”. Estas existem nos hortos botânicos ou nos jardins de palácios. A Amazônia é um ecossistema, uma floresta composta de árvores e uma infinidade de outras espécies vivas — inclusive seres humanos, que lá estão há pelo menos quinze mil anos. 2588

Usinas de cana de Pernambuco autuadas por crime ambiental

O ministro do Meio Ambiente Carlos Minc anunciou nesta terça-feira (01) a autuação das 24 usinas de cana de Pernambuco, todas infratoras da legislação ambiental e responsáveis pela destruição da cobertura vegetal nativa, especialmente de Mata Atlântica, e contaminação dos cursos d'água. Sem licenciamento ambiental para os plantios de cana, que ocupam 30% das terras do estado, a fiscalização do Ibama constatou que as usinas pernambucanas não respeitam as reservas legais

Desmatamento causado por usinas de cana pode prejudicar etanol brasileiro, alerta Minc

O desmatamento da Mata Atlântica causado pelas usinas de cana-de-açúcar em Pernambuco, pode prejudicar as exportações do etanol brasileiro, alertou ontem (1) o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Segundo ele, o “mau exemplo” dos usineiros pernambucanos, que desmataram 85 mil hectares do bioma Mata Atlântica no estado, pode servir de munição para os opositores do biocombustível brasileiro. Por Ivan Richard, da Agência Brasil. 2586

Sucata pós-moderna: Pesquisadores e ambientalistas discutem impacto do lixo eletrônico em encontro nacional

À já extensa lista de problemas ambientais que enfrentamos adiciona-se um novo item: o lixo eletrônico. Ignorado pela maioria dos consumidores, o destino final de aparelhos como computadores, telefones celulares e televisores representa grave ameaça à saúde do planeta, pois eles contêm elementos químicos tóxicos em seus componentes. Por Henrique Kugler, especial para CH On-line / PR. 2585

Estudo revela que crianças consomem medicamentos de forma indiscriminada

A automedicação, prática rotineira no Brasil, não está disseminada apenas entre os adultos. As crianças e adolescentes também consomem medicamentos de forma indiscriminada, o que pode acarretar sérios problemas de saúde para esse contingente. A constatação é da enfermeira Francis Solange Vieira Tourinho, que pesquisou o assunto em sua tese de doutorado, defendida recentemente na Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp. De acordo com o estudo, primeiro do gênero

Peruíbe, SP: MPF recorre e pede suspensão do licenciamento do Porto

O Ministério Público Federal em Santos recorreu da decisão da Justiça Federal que negou liminar para suspender o licenciamento da construção do complexo portuário Porto Brasil, enquanto não for concluído o processo de demarcação da área indígena de Piaçaguera no município de Peruíbe (litoral sul de São Paulo). A terra indígena foi identificada e delimitada pela Funai em 2002, entretanto a empresa LLX, de Eike Batista, deseja construir o complexo

Brasil derrubou 47,8% das florestas tropicais úmidas do planeta no período entre 2000 e 2005, quatro vezes mais do que a Indonésia

Novo estudo mapeia desmatamento no mundo -O Brasil foi responsável por 47,8% do desmatamento de florestas tropicais úmidas entre 2000 e 2005, quatro vezes mais do que o segundo colocado, a Indonésia, com 12,8%. O ranking foi apresentado em uma pesquisa que será divulgada esta semana na edição digital da revista científica americana Proceedings of the National Academy of Sciences (www.pnas.org). Por Alexandre Gonçalves, do O Estado de S.Paulo, 01/07/2008.

De soluciones falsas a soluciones reales para el Cambio Climático, artigo de Patrick Bond

[EcoPortal.net] El Wall Street Journal confirmó en marzo de 2007 que el comercio de emisiones "dejará ganancias a algunas empresas muy grandes, pero no crean ni por un minuto que esta charada será de alguna utilidad para resolver el calentamiento global". El documento se refiere al comercio de carbono como una "búsqueda de ganancias al viejo estilo...ganar dinero haciendo trampa al proceso de regulación". 2580

Cana e eucalipto: empresas aceleram compra de terras no ES, em Minas e Bahia

As terras do norte e noroeste do Espírito Santo, da região de Minas Gerais formada por Nanuque e Teófilo Otoni e do sul da Bahia são, ou serão, ocupadas por cana ou eucalipto. As transnacionais Aracruz Celulose e Infinity Bio-Energy estão intensificando a compra de terras para formação de seus latifúndios nestes três estados. O preço da terra disparou. Por Ubervalter Coimbra, do Século Diário, ES, 01/07/2008. 2579

Top