Produção de alimentos x produção de energia: o desafio do século XXI. Entrevista especial com Patrick Criqui e Martin Penner

A crise alimentícia pode ser explicada pelo aumento da população mundial, pela concorrência dos solos e também pelo crescimento da produção de biocombustíveis. No entanto, o modelo energético mundial contribui para a crise e precisa ser revisto, alerta o economista Patrick Criqui, professor na Univesidade Pierre Mendès-France, na Universidade Paris-Dauphine e na Escola Politécnica Federal de Lausanne. Em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line, ele afirma que atualmente a

Manifestação do Gtenergia do FBOMS sobre a pretendida mudança do projeto de Jirau pelo consórcio vencedor do leilão

Os ambientalistas brasileiros expressam sua surpresa com as afirmações que vêm sendo veiculadas na imprensa nacional de que o consórcio vencedor do leilão da hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira (RO), teria decidido alterar o local previsto do projeto. Está sendo divulgado que esse consórcio pretende construir a barragem 9 km rio abaixo, mais perto da usina de Santo Antônio e da cidade de Porto Velho, com a justificativa de

Belo Monte: Entidades vão se posicionar contra os projetos hidrelétricos para o rio Xingu

BRASÍLIA - Milhares de índios, ribeirinhos, ambientalistas e representantes de entidades sindicais deverão chegar a Altamira este fim de semana. Eles são esperados para participar de um encontro de três dias que vai se posicionar contra os projetos hidrelétricos para o rio Xingu: tanto a usina de Belo Monte como outras pequenas centrais. Do Diário do Pará, PA, 20/05/2008. 1497

Pesquisa aponta necessidade de investimento em saneamento para garantir saúde à população. Crianças de 1 a 6 anos são maiores vítimas

A relação direta entre acesso ao saneamento e saúde das populações é uma das conclusões da pesquisa Saneamento e Saúde, divulgada, no dia 19/5, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Um exemplo disso, é o dado do estudo de que crianças até seis anos de idade sem acesso à rede de esgoto têm 32% de chances maiores de morrerem. Da Agência Brasil. 1495

Universalização de esgotamento sanitário precisa de R$ 200 bilhões ou cinco PACs do setor. Falta de saneamento está relacionada a política de exclusão social, diz pesquisador

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) deve destinar R$ 38,37 bilhões para saneamento básico. Mas para que todo brasileiro tenha água tratada, esgoto adequado e coleta de lixo são necessários R$ 200 bilhões em investimentos no setor. Ou seja, ainda “são necessários este e mais quatro PACs”, de acordo com o diretor de Água e Esgotos do Ministério das Cidades, Márcio Galvão. Por Morillo Carvalho, da Agência Brasil. 1494

Amazônia: Stephanes vai lutar para reduzir a área do bioma

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, defendeu ontem, durante evento que lançou o programa "Territórios da Cidadania" em Cuiabá, que seja revista a portaria 79, do Ministério do Meio Ambiente, que estabeleceu a lista de municípios incluídos no bioma amazônico – sobre os quais incidirão novas exigências de regularidade ambiental à concessão de crédito na região. Do Jornal do Brasil, 20/05/2008. 1493

desmatamento: Maggi insiste contra medida do BC que condiciona crédito a licença

Governador do MT critica decisão e pede apoio ao ministro da Agricultura CUIABÁ. Um pouco antes de o novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, sair do Palácio do Planalto dizendo ter ouvido do presidente Lula a garantia de que todas as medidas contra o desmatamento serão mantidas, o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR), aliado político de Lula, reforçou ontem a pressão contra uma das mais importantes medidas de

desmatamento: Inpe refaz contas e contesta governador

'Há sim um crescimento do desmatamento', diz diretor do instituto SÃO PAULO. Provocado pelas críticas do governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) refez as contas que revelaram o aumento da devastação na Amazônia. A nova análise confirmou todos os dados, afirmou ontem o diretor do Inpe, Gilberto Câmara. Em oito meses, de agosto de 2007 a março deste ano, foram desmatados 4.730 km² de

Desmatamento cresceu em torno da BR-364

Numa tarde quente de 6 de julho de 1960, o então presidente da República Juscelino Kubitschek escalou as pequenas escadas que levam à cabine do trator Caterpillar D8 para delírio da pequena multidão que se aglomerava em volta do veículo mais utilizado na derrubada das árvores da Amazônia brasileira. JK acenou para a população de Vilhena, a última cidade do então território de Rondônia antes da divisa com Mato Grosso,

Los Biocombustibles y las consecuencias de ignorar el principio de la precaución, artigo de C. Fernando Márquez M.

[EcoPortal.net] El boom de los agrocombustibles surge a partir de las necesidades de energía de los países Europeos y de los estados Unidos principalmente, que han encontrado en los países latinoamericanos las condiciones ideales para producirlos, una despensa a la que se puede acudir para que puedan seguir manteniendo su desaforado ritmo de consumo, lo cual podría no ser tan malo si obedeciéramos al pie de la letra el principio

Top