Levantamento revela perfil das mulheres que praticam aborto no país

A maioria dos abortos no país é feito por mulheres de 20 a 29 anos de idade, que trabalham, têm pelo menos um filho, usam métodos contraceptivos, são da religião católica e mantêm relacionamentos estáveis. Elas têm até oito anos de escolaridade e estão no mercado de trabalho com renda de até três salários mínimos, exercendo funções como as de doméstica, manicure e cabeleireira. Matéria de Adriana Brendler, da Agência

Relatório reafirma necessidade de planejamento familiar e acesso a contraceptivos

Os resultados do relatório Aborto e Saúde Pública, elaborado por pesquisadores de duas universidades brasileiras - de Brasília (UnB) e do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) - confirmam a posição do Ministério da Saúde de que a interrupção induzida da gravidez é um problema de saúde pública. A avaliação é do diretor do Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas do ministério, Adson França. Matéria de Adriana Brendler, da Agência

Terra Indígena Raposa Serra do Sol: MPF denuncia responsável por tentativa de atentado contra Polícia Federal em Roraima

O Ministério Público Federal (MPF) em Roraima denunciou à Justiça David Amaro da Conceição por ter tentado explodir, no dia 7 de abril, um posto da Polícia Federal no município de Pacaraima, fronteira com a Venezuela, durante manifestação contra a retirada de arrozeiros da Terra Indígena Raposa-Serra do Sol. Matéria de Marco Antônio Soalheiro, da Agência Brasil. 1118

Poli desenvolve rotor nacional para turbina eólica

Rotor aerodinâmico será usado para gerar eletricidade a partir da força dos ventos em regiões rurais ou de difícil acesso. Júlio Bernardes, jubern@usp.br, da Agência USP de Notícias. O Núcleo de Energias Renováveis da Escola Politécnica (Poli) da USP desenvolve uma tecnologia inteiramente nacional para o rotor aerodinâmico usada em turbinas eólicas, que produzem energia elétrica a partir dos ventos. O rotor projetado no Departamento de Energia e Automação Elétricas da

Clima e Desmatamento

O desmatamento das florestas tropicais é a segunda maior fonte de emissões de gases de efeito estufa (GEE), que provocam o aquecimento global. Responsável por 18% a 25% das emissões globais, fica atrás apenas das emissões causadas pelo uso de energia. Para se ter uma idéia, as emissões do Brasil e da Indonésia somadas neutralizam mais da metade do esforço de redução de emissões que o mundo fará através do

biopirataria: CPI vai convocar procurador da República para explicar venda de sangue de índio

Presidente da comissão, deputado Mendes Thame, quer saber andamento do processo aberto em Rondônia para apurar o caso. Brasília – A CPI da Biopirataria vai convocar o procurador da República Reginaldo Pereira da Trindade, de Rondônia, para que ele explique quais as medidas adotadas pelo Ministério Público Federal (MPF) para investigar o comércio de sangue de índios brasileiros pela internet. A convocação foi anunciada ontem pelo presidente da CPI, deputado Mendes

O principal vilão do desmatamento da Amazônia é o próprio governo, artigo de Nelson Batista Tembra

[EcoDebate] Grande parte da exploração econômica da Floresta Amazônica se dá de forma ilegal – o caso da extração de madeira, já que menos de 20% do setor age (ou agia) de acordo com as normas estabelecidas pelo governo. Ao ‘tapar o suspiro’ do setor abruptamente, o governo nivelou por baixo, não deixando alternativas de sobrevivência para milhares de trabalhadores e empurrando a maioria para a ilegalidade. Ou seja, fazendo

trabalho: O que temos para comemorar? artigo de Ricardo Antunes

Vivemos uma explosão de denúncias sobre o aviltamento do trabalho. O espetáculo se esparrama por todas as partes. [Folha de S.Paulo] VIVEMOS uma explosão de denúncias sobre o aviltamento do trabalho. A cada dia vemos mais exemplos de trabalho escravo no campo, nos rincões do latifúndio. No agronegócio do açúcar, cortar mais de dez toneladas de cana por dia é a média por baixo, "low profile". 1112

A saída da crise é pela agricultura, artigo de Celso Marcatto

[O Globo] O racionamento de comida em mercados norte-americanos e os impactos sentidos em vários países, como distúrbios no Haiti, pelo aumento do custo da cesta básica são indicadores da gravidade da crise mundial de alimentos. Em termos globais, os preços dos alimentos sofreram um aumento médio de 40%. A redução dos estoques internacionais de trigo (-9,9%), milho (-4,8%) e soja (-22,0%) indicam que a produção atual — ainda que

Produtor que recuperar floresta terá crédito. Governo lançará novas ações para tentar conter o desmatamento, que cresceu no trimestre

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anuncia nos próximos dias um novo pacote de medidas para a Amazônia com o objetivo de ajudar a preservar a floresta. Uma das principais será o crédito para produtores rurais que estejam dispostos a recuperar áreas desmatadas no passado, zerando o passivo ambiental. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário vão prestar, ainda, assistência técnica aos fazendeiros

Top