Ministério da Justiça diz ter esgotado negociações com arrozeiros de Raposa Serra do Sol

Estão esgotadas todas as possibilidades de negociação com os não-índios que permanecer no Terra Indígena Raposa Terra do Sol, informou ontem (2) o secretário-executivo do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Barreto. A área tem 1,7 milhão de hectares e fica no nordeste do estado de Roraima. Matéria de Alex Rodrigues, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate. 116

reserva Raposa Serra do Sol: Fazendeiros vão resistir, avalia PF

A Polícia Federal espera uma reação violenta dos plantadores de arroz durante a Operação Upatakon, que será desencadeada nos próximos dias para retirar os agricultores da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima. A inteligência da PF trabalha, inclusive, com a possibilidades de ocorrerem ações envolvendo pistoleiros contratados pelos rizicultores. Na segunda-feira, o líder dos plantadores, Paulo César Quartiero, foi preso por desacato à autoridade e por mandar queimar

Abaixo-assinado pede aprovação da PEC do Trabalho Escravo

Milhares de pessoas já assinaram o documento que defende a aprovação da emenda constitucional que prevê a expropriação de área onde houver escravidão. Matéria está parada na Câmara desde agosto de 2004. Por Repórter Brasil. Mais de 1,8 mil pessoas já assinaram o abaixo-assinado eletrônico e outras milhares firmaram o documento em papel pedindo a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 438/2001, que determina o confisco da terra onde for

Análise de águas engarrafadas revela diferenças dos níveis de flúor informados nos rótulos

Boa parte das águas engarrafadas comercializadas na cidade de São Paulo possuem níveis de flúor acima do permitido, diferente do que é informado nos rótulos. Uma pesquisa realizada pelo Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP revelou que entre 229 amostras, de 35 marcas diferentes, 19% (44 amostras) continham mais 0,8 miligramas de flúor por litro (mg/L). “De acordo com a lei municipal 12.623/98,

Cerrado tem mais de 12 mil espécies

Grupo de pesquisadores da UnB conclui levantamento de plantas e revela número inédito - Um estudo de mais de 20 anos, liderado por pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB), vem revelando a cada dia mais informações sobre o cerrado, a segunda maior biodiversidade brasileira. 112

Ministério Público quer complementação do estudo de impacto ambiental de Angra 3

O Ministério Público Federal (MPF) quer que o estudo de impacto ambiental da Usina Nuclear Angra 3 seja melhorado e complementado. Segundo afirmou à Agência Brasil a procuradora em Angra dos Reis, Ariane Alencar, o órgão entende que “existe muita omissão de informação ainda”. Matéria de Alana Gandra, da Agência Brasil, publicada pelo Ecodebate. 111

Ibama entrará com ações contra campeões de desmatamento

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) vai entrar na Justiça contra os responsáveis pelos maiores desmatamentos no País. Em audiência pública na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, nesta terça-feira, o diretor de Articulação de Ações da Amazônia do Ministério do Meio Ambiente, André Rodolfo de Lima, informou que na próxima semana serão apresentadas 50 ações civis públicas. Matéria da Agência Câmara, Consolidada

Brasil: o mapa da devastação

Em 500 anos, o país desmatou 2,5 milhões de quilômetros quadrados - Companheiro de bandeira do amarelo, o azul e o branco, o verde sem par destas matas, contradizendo Olavo Bilac, não têm recebido o afeto que se encerra em nosso peito juvenil. Em 500 anos de história, o Brasil já desmatou 2,5 milhões quilômetros quadrados de sua vegetação nativa, sendo que a maior parte nos últimos 50 anos. Isso

danos ambientais na região amazônica: Especialista calcula multa de US$ 8,3 bilhões à Chevron

QUITO - O especialista independente Richard Cabrera submeteu à Justiça equatoriana um relatório em que recomenda a aplicação de uma multa de pelo menos US$ 8,3 bilhões à companhia petrolífera americana Chevron, como compensação por danos ambientais na região amazônica. O valor da indenização pode chegar a US$ 16 bilhões, segundo um dos advogados que representam os autores da ação judicial. Por Hélio Barboza, da Agência Estado, quarta-feira, 2 de

A grilagem oficializada, artigo de Waldemar Rossi

O Correio da Cidadania, em sua edição de 29/03/08, através de seu editorial, denunciou a maracutáia da grilagem das terras públicas (responsabilidade do governo federal), por meio de mais uma Medida Provisória (MP) de Lula. Revela que essas terras destinadas inicialmente aos pequenos agricultores posseiros (agricultura familiar), e que eram limitadas a 50 hectares determinados pela Constituição de 1988, foram aos poucos se elevando até chegar a 500 hectares. Agora,

A busca pelo lucro e o desprezo pela Carta, artigo de Dalmo de Abreu Dallari

[Gazeta Mercantil] A busca de lucro por uma empresa pode ser um objetivo respeitável e até mesmo benéfico para toda a sociedade, tendo, por isso, a proteção legal, mas deve ser impedida, com base na legislação já existente, se afrontar direitos garantidos pela Constituição e se implicar enormes e graves prejuízos para o meio ambiente físico e social. 106

Juízes e procuradores do trabalho querem banir uso de amianto no país

Brasília - Mesmo de forma controlada, a utilização do amianto – mineral fibroso utilizado pela indústria da construção civil – é prejudicial à saúde dos trabalhadores. Dentre os danos associados à manipulação da substância está o endurecimento dos pulmões, alguns tipos de câncer e derrames. Matéria de Paula Laboissière, da Agência Brasil, publicada pelo Ecodebate. 105

Top