Procuradoria Geral da República (PGR) reafirma que demarcação da Raposa Serra do Sol é regular

O vice-procurador-geral da República Roberto Gurgel concluiu em parecer que todas as fases da demarcação e homologação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, respeitaram os procedimentos legais e foram baseadas em “consistente” estudo antropológico. Matéria de Marco Antônio Soalheiro, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate. 1087

PF combate liberação de cargas irregulares de madeira em Mato Grosso

A Polícia Federal (PF) desencadeou ontem (29/4) a Operação Termes, no estado de Mato Grosso. Segundo nota divulgada pela PF, o objetivo é desmontar um esquema de liberação de cargas irregulares de madeira, que envolvia advogados e servidores de órgãos públicos, como a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso, a Delegacia Estadual do Meio Ambiente e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Matéria de

Tocantins: Órgão intensificam ações contra o desmatamento

Meio Ambiente - Em 2008 já são 28 autuações no Estado; nos últimos 2 anos, o total de multas aplicadas foi de R$ 445 mil Órgãos ambientais do Tocantins estão mais rigorosos em relação ao desmatamento irregular no Estado. De acordo com o diretor de Fiscalização e Monitoramento do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), capitão Laureno Tebas, uma parceria do órgão com o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais

Os impactos sócio-ambientais da soja no Paraná

A produção da soja no Paraná não está desvinculada da produção do resto do Brasil. Segue as técnicas do agronegócio, como a cultura extensiva, o uso intensivo de defensivos agrícolas, a preferência pelas sementes transgênicas e a sua revenda por grandes cooperativas para exportação. A reportagem é de Paula Cassandra e publicada pela Agência de Notícias Chasque, 29-04-2008. 1083

Agrotóxico é usado de forma indiscriminada no Ceará

Limoeiro do Norte. O cearense não sabe o risco que corre na ingestão de alimentos tratados à base de agrotóxicos. Que muitos alimentos naturais contêm venenos e são vendidos normalmente para consumo, o relatório da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revelou na semana passada, identificando excesso de agrotóxico em algumas frutas e verduras. Mas outras revelações têm passado despercebidas da maioria da população. A primeira é que apenas dois

Relator da ONU pede moratória de etanol mas elogia projeto brasileiro

Jean Ziegler envia carta ao Itamaraty dizendo que país não deve ser criticado BRASÍLIA e WASHINGTON. O mesmo relator para Direito à Alimentação da Organização das Nações Unidas (ONU), Jean Ziegler, que pediu ontem a suspensão temporária da produção de biocombustíveis, elogiou, há menos de dez dias, o programa de etanol e biodiesel brasileiro. Em carta encaminhada ao Itamaraty no último dia 21, Ziegler reconheceu que o caso do Brasil é

A falência de um modelo: Sistema alimentar na era pós-petroleira, artigo de Miguel A. Altieri

[Agência Carta Maior]Há 33 países hoje à beira da instabilidade social devido à falta e ao preço dos alimentos. Essa crise que ameaça a segurança alimentar de milhões de pessoas é o resultado direto do atual modelo industrial de agricultura dependente do petróleo. 1080

Surto antiindígena, artigo de Boris Fausto e Carlos Fausto

[O Estado de S.Paulo] Na última semana, certos órgãos de imprensa, ideólogos conservadores e setores militares sofreram um verdadeiro surto antiindígena, diante da demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, que se arrasta há três anos, desde sua homologação. Curiosamente, seis (isso mesmo, seis!) arrozeiros que ocuparam terras públicas, reconhecidas como indígenas, nas três últimas décadas, tornaram-se, de um dia para o outro, vítimas de um suposto

Especialistas revelam as verdades e mentiras sobre métodos alternativos de tratamento e prevenção da dengue

RIO - Em tempos de epidemia de dengue, em que um dos maiores medos da população do Rio é um mosquito, o que não faltam são soluções circulando no boca a boca e na internet para afugentar o inseto, combatê-lo, prevenir a doença ou amenizar seus sintomas. Como é senso comum pecar pelo excesso, há de tudo: pessoas passando complexo B na pele (dizem que o cheiro da vitamina espanta

Número de diabéticos deve dobrar em três décadas. Epidemia de diabetes requer seriedade e urgência, dizem especialistas

SÃO PAULO - A epidemia mundial de diabetes é fato. Se em 2000 havia 171 milhões de pessoas no mundo lidando com esse quadro crônico de alta glicemia (açúcar no sangue), em 2030, segundo projeções divulgadas pela Associação Americana de Diabetes, serão 366 milhões. E "lidando" com a doença não quer dizer tratando. Sequer significa que muitas dessas pessoas saibam que são diabéticas. Estima-se que, no Brasil, metade dos portadores

Vírus comuns ligados ao câncer de pulmão

HPV e sarampo facilitariam a evolução da doença - Pesquisadores encontraram evidências que dois tipos comuns de vírus podem estar por trás de alguns casos de câncer de pulmão: o papiloma vírus humano (HPV), já conhecido como a causa do câncer cervical, e o vírus do sarampo. Os resultados, apresentados na Conferência Européia de Câncer de Pulmão, em Genebra, são preliminares. Embora o fumo seja a principal causa do câncer

Grã-Bretanha: Uso de fraldas de pano cresce devido à preocupação ambiental

O uso de fraldas de pano quadruplicou na Grã-Bretanha nos últimos anos devido à preocupação dos pais com o ambiente, segundo um levantamento de mercado publicado pela empresa de pesquisas Mintel neste mês. Segundo a pesquisa, o uso de fraldas de pano aumentou em 6 pontos percentuais de 2005 a 2007, e hoje chega a 8% dos pais com filhos que ainda usam fraldas. Matéria da BBC Brasil, 28 de

leptospirose: Doença da pobreza

Melhorar a infra-estrutura sanitária não basta para controlar a leptospirose numa favela. É preciso também melhorar a condição socioeconômica dos moradores, cuja variação acompanha o risco de infecção. Essa é a principal conclusão de um estudo realizado numa comunidade carente de Salvador por pesquisadores do Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz (CPqGM), um dos institutos da Fundação Oswaldo Cruz, na capital baiana. Os resultados foram publicados na revista de acesso aberto

Na Amazônia, tribos sofrem com desmatamento. Expansão da fronteira agrícola é outro problema na região

BELÉM e CUIABÁ. A expansão da fronteira agrícola, causando conflitos de terra, o desmatamento e a demora na demarcação e homologação das reservas indígenas são alguns dos maiores problemas das tribos da Amazônia Legal. Por Ronaldo Brasiliense e Anselmo Carvalho Pinto, do O Globo, 27/04/2008. 1072

Doença de Chagas volta, transmitida por via oral

Já houve surtos em 86 cidades do Pará produtoras de açaí e com alto índice de desmate. A doença de Chagas avançou no último ano na região amazônica, área antes considerada livre do problema, e na forma oral, ou seja, relacionada ao consumo de alimentos contaminados, como açaí e cana-de-açúcar - e não à transmissão por picada de inseto. Mais de cem casos agudos da doença, que pode afetar o

Ricos e pobres na crise de alimentos

O bate-boca mundial sobre alimentos versus biocombustíveis está fora de foco, sem rumo. Ou, na visão do ex-embaixador e atual presidente do Conselho da empresa Brasil Ecodiesel, Jório Dauster, "trata-se de uma campanha hipócrita, solerte e muito bem organizada, de interesse das grandes indústrias petrolíferas, que sabem manipular o apoio de ONGs ambientalistas e humanitárias - ingênuas e desinformadas". De herói há pouco mais de um ano, quando a ONU

Representante da FAO propõe plano para incentivar aumento da produção agrícola

Um plano de desenvolvimento que estimule os produtores de alimentos em todo o mundo e seja composto não só por ações coordenadas pelo Sistema Nações Unidas, mas também pelos governos e pela sociedade civil. Isso é o que é necessário para superar a crise provocada pela alta dos preços de alimentos, segundo o representante da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), José Tubino. Matéria de

Relator da ONU culpa biocombustíveis e especulação pela crise dos alimentos

A transformação de alimentos em biocombustíveis e a especulação financeira são as principais causas da alta dos preços dos produtos alimentícios, denunciou hoje o relator da ONU (Organização das Nações Unidas) para o Direito à Alimentação, Jean Ziegler, que qualificou a crise de "verdadeira tragédia". Da EFE, em Genebra, na Folha Online, 28/04/2008 - 10h53. 1068

Top