Área próxima ao Parque Nacional do Xingu vira cemitério de árvores

Milhares de troncos queimados se espalham por 2 mil hectares de terra nua e arenosa, tingida pelo carvão e cinzas, no município de União do Sul, no norte de Mato Grosso, a 700 km de Cuiabá. É um cemitério de árvores em plena Amazônia. A área fica a 49 quilômetros do Parque Indígena do Xingu, uma das regiões mais protegidas do País. O extermínio dispensou a motosserra: a derrubada foi

Xingú, MT: Terra devastada vale três vezes mais no entorno da reserva

Um alqueire paulista (2,42 hectares) com matas no entorno do Parque do Xingu, a nova fronteira agrícola de Mato Grosso, vale de R$ 1.200 a R$ 1.400. Se a terra estiver desmatada para plantio, o preço triplica, vai de R$ 3.500 a R$ 4.500, segundo agentes imobiliários da região consultados pelo Estado. Matéria do O Estado de São Paulo, publicada pelo 24Horas News, 06/02/2008 - 22h22. 721

Deputados tentam livrar MT, TO e MA da obrigação de preservar 80% de florestas em terras particulares

Grupo quer diminuir a Amazônia Legal - Em meio à escalada do desmatamento que levou o governo federal a suspender o abate de árvores em 36 municípios e criar um esquema especial de fiscalização, a Amazônia Legal poderá ter sua área reduzida em até um quarto, caso dois projetos de lei que tramitam no Congresso sejam aprovados. Por Felipe Bachtold, para a Folha de S.Paulo, 07/02/2008 720

Amazônia com os anos contados

Estudo internacional publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences inclui a Floresta Amazônica entre os nove ecossistemas do mundo que poderão desaparecer em 50 anos em decorrência das mudanças climáticas provocadas pelo homem. Segundo a pesquisa, muitos dos sistemas climáticos do mundo poderão passar por uma série de mudanças repentinas neste século por causa de ações provocadas pela atividade humana. Os mais ameaçados seriam as camadas de

Países arrecadam 500 vezes mais do que gastam com fumo, diz OMS

Os governos do mundo todo arrecadam em média 500 vezes mais com os impostos sobre o cigarro do que gastam com ações antitabagistas, afirma um relatório sobre a epidemia global do tabaco divulgado nesta quinta-feira pela OMS (Organização Mundial da Saúde). O levantamento, realizado em 179 países, indica que a receita com os impostos sobre o fumo chega a ser 4 mil vezes maior do que os gastos com o

Alguns dados da injustiça estrutural no Brasil, artigo de Frei Gilvander Moreira

[EcoDebate] De janeiro de 2007 a 2 de dezembro de 2007, o governo federal gastou R$ 222 bilhões com juros e amortizações das dívidas interna e externa. Para 2008, estão previstos R$ 248 bilhões para o pagamento dos juros e amortizações da dívida federal, enquanto apenas serão destinados R$ 48 bilhões para a saúde, R$ 26 bilhões para a educação e R$ 5 bilhões para Reforma Agrária. Os R$ 248

Trabalho e suicídio, artigo de Mário César Ferreira

[Folha de S.Paulo] A falta de registros de suicídios na França dificulta o seu controle epidemiológico e a geração de políticas públicas preventivas - NA FRANÇA , o ano de 2007 foi marcado pelo crescimento de suicídios de trabalhadores qualificados. Logo no primeiro semestre, em 22 de abril, o jornal "Le Monde" estampava: "PSA Peugeot-Citröen confrontada com um caso de suicídio". Um operário, 51, enforcou-se no local de trabalho na

O poder da informação, artigo de Cláudio Weber Abramo

[Correio Braziliense] O caso dos cartões corporativos usados por integrantes do governo federal mostra várias coisas, várias delas suficientemente cobertas pela imprensa, de modo que não vale a pena chover no molhado. O que não chove no molhado é a demonstração, mais uma vez, do poder da informação — e de como, no Brasil, ela é pouco usada. Os dados a respeito dos gastos de detentores de cartões estão publicados

Top