Conselho adia decisão sobre comercialização de milho transgênico

A decisão sobre a liberação de milho transgênico para comercialização foi adiada para o próximo mês. A reunião do Conselho Nacional de Biossegurança que discutiu ontem (29) o assunto terminou sem deliberação e um novo encontro está previsto para o dia 12 de fevereiro, segundo a assessoria de imprensa do Ministério de Ciência e Tecnologia. Por Yara Aquino, por repórter da Agência Brasil

Até lá, o Conselho deverá fazer uma consulta à Advocacia Geral da União (AGU) sobre questões de competência. A assessoria, no entanto, não soube precisar quais foram as pendências em relação ao tema.

No ano passado, a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou o plantio e comercialização de três variedades de milho transgênico. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apresentaram recursos contra a liberação de duas variedades de milho, o da Bayer e o da Monsanto.

Os recursos estavam na pauta de discussão da reunião de hoje, com a participação dos ministros de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende; da Agricultura, Reinhold Stephanes; do Meio Ambiente, Marina Silva; e da Casa Civil, Dilma Rousseff, que preside o Conselho Nacional de Biossegurança.

Top