Vale do Javari: Ação com médicos dos EUA é atitude de desespero, diz líder indígena do Amazonas

Segundo o Conselho Indigenista do Vale do Javari (Civaja), 20 médicos dos Estados Unidos aceitaram o convite feito pelo Civaja para prestar socorro humanitário aos povos da Terra Indígena do Vale do Javari, no Amazonas. O líder indígena Beto Marubo informou pelo telefone que o coordenador do Civaja Clóvis Rufino Marubo pediu autorização à Polícia Federal (PF) em Tabatinga para a entrada dos estrangeiros em território brasileiro, mas que a

Brasil não tem sequer surto de febre amarela, explica virologista

O surgimento de casos suspeitos de febre amarela têm causado uma corrida aos postos de vacinação. Apenas no Distrito Federal, mais de 1 milhão de pessoas já tomaram a vacina. Em Goiás, foram cerca de 1,5 milhão de pessoas. Segundo o virologista e pesquisador em febre amarela e dengue do Instituto Oswaldo Cruz, Hermann Schatzmayr, não se pode sequer considerar que haja um surto de febre amarela nestes locais,

Desmatamento e urbanização contribuem para aumento da febre amarela, diz especialista

O desmatamento intenso, a urbanização desordenada de áreas rurais e as conseqüentes mudanças climáticas decorrentes de todo o processo colaboram para que doenças como a febre amarela se alastrem não só no Brasil, mas também em um grande número de países em todo o mundo. A afirmação é do médico epidemiologista José Cássio de Moraes, da Santa Casa de São Paulo. Por Paula Laboissière, Repórter da Agência Brasil. 927

A greve de fome de Dom Cappio: um ato de nítido alcance político. Entrevista com João Batista Libânio

"Ao assumir uma posição política, não a exerceu no estilo de Cristandade, como se escreveu, porque não o fez em nome de nenhum dos poderes do Estado. Tentou influenciar o Estado pelo lado que compete a todas as instituições e pessoas fazê-lo: gerar idéias, valores, contrapor-se a outras diferentes, exprimir posições com gestos radicais", afirma João Batista Libânio, em entrevista por e-mail à IHU On-Line, refletindo sobre a greve de

São Francisco terá vazão menor a partir de Sobradinho

A pedido do setor elétrico, que está preocupado com o baixo nível dos reservatórios na região Nordeste, a vazão mínima do rio São Francisco, a partir do reservatório de Sobradinho, diminuirá de 1.300 para 1.100 metros cúbicos (1,1 milhão de litros) por segundo. A medida foi pré-autorizada pela Agência Nacional de Águas (ANA) e será válida até 30 de abril, mas ainda não entrou em vigor. Para ser implementada e

Principal argumento contra energia eólica não tem fundamento, diz estudo

Pesquisadores finlandeses descobriram que o argumento freqüentemente levantado de que a energia eólica exigiria um sistema de reserva de igual potência não é correto. Segundo esse argumento, a produção de energia a partir do vento é muito variável e difícil de se prever, o que tornaria essa forma de energia renovável inadequada para atender às flutuações da demanda. Da redação, Site Inovação Tecnológica, 13/01/2008 923

Groenlândia registra maior degelo dos últimos 50 anos

Até agora, o escoamento de água viu-se compensado quase totalmente pelo aumento do volume de neve OSLO, NORUEGA - As mudanças climáticas provocaram o maior degelo registrado na Groenlândia em meio século, anunciando talvez um derretimento ainda mais amplo que aceleraria a elevação do nível dos oceanos no planeta, disseram cientistas na terça-feira, 15. Matéria de Alister Doyle, da Agência Reuters, publicada pelo Estadao.com.br, terça-feira, 15 de janeiro de 2008,

Transposição do S. Francisco ilude populações do semi-árido, artigo de Jonas Duarte

[Correio da Cidadania] Todos sabem que me posicionei contra o atual projeto de transposição do Rio São Francisco. Defendi e defendo as propostas da ANA (Agência Nacional das Águas) e da ASA (Articulação do Semi-Árido) para o nosso semi-árido brasileiro. Modéstia a parte, me considero um entendido em semi-árido. Primeiro porque nasci, vivi e vivo a realidade daquelas terras. Depois porque minhas pesquisas de mestrado e doutorado foram sobre semi-árido.

Top