Número de assassinatos de índios aumenta 60% em 2007, revela Cimi. Falta de políticas e conflitos por terra determinam mortes de índios

Pelo menos 76 índios foram assassinados no Brasil em 2007, revela levantamento preliminar do Conselho Indigenista Missionário (Cimi). O número supera em quase 60% os dados de 2006, quando havia sido registrado, até então, o maior número de crimes fatais da década contra integrantes de tribos indígenas. Matérias de Hugo Costa, repórter da Agência Brasil . 1004

Projeto viabiliza a construção de casas rurais de R$ 9,5 mil aplicando novas tecnologias de foco socioambiental

Como uma casa no campo - O déficit habitacional em áreas rurais no Brasil é de 1,8 milhões de moradias, segundo o Ministério das Cidades. Buscando alternativas para enfrentar o problema, um projeto coordenado por pesquisadores em São Paulo levou ao desenvolvimento de tecnologias inovadoras que possibilitaram a construção de 42 casas de baixo custo em um assentamento rural no município de Itapeva, no interior do estado. Por Fábio de

Eletrodomésticos que gastam muita energia estão com os dias contados

Até o final do ano, geladeiras, fogões e aparelhos de ar-condicionado que consomem muita energia devem desaparecer das prateleiras de lojas e supermercados. A medida que estipula o prazo entrou em vigor por meio de três portarias interministeriais publicadas no Diário Oficial da União do dia 26 de dezembro de 2007. Matéria de Danilo Macedo, repórter da Agência Brasil. 1002

reforma agrária: Em 2007, Lula tem pior ano em desapropriação de terras

Enquanto mantém na gaveta do Planalto a proposta de atualização dos índices de produtividade (utilizados por técnicos do Incra na avaliação de uma área que pode ser desapropriada), o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve em 2007, disparado, o pior ano em desapropriações de terra para a reforma agrária. A reportagem é de Eduardo Scolese e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 7-01-2008. 1000

Carbono a mais no ar mata, diz pesquisa

O governo da Califórnia acaba de ganhar um trunfo na sua luta judicial contra a Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA, na sigla em inglês). Um estudo feito na Universidade Stanford conseguiu isolar o dióxido de carbono atmosférico dos demais poluentes e ligá-lo de forma direta com mais mortes no mundo. Matéria da da Folha de S.Paulo, publicada pela Folha Online, 05/01/2008 - 10h24. 999

Tratores, eucalipto e gula capitalista, artigo de Frei Gilvander Moreira

[EcoDebate] Sejamos cuidadores/ras da nossa única casa comum, o Planeta Terra. Ontem (04/01/2008), de Arinos até Belo Horizonte, em 10 hs de viagem, ultrapassamos mais de 300 camihões de carvão que vinham para as siderúrgicas do quadrilátero ferrífero e aquífero. É a monocultura do eucalipto, após devastar o cerrado que era a mãe das águas. Carretas sempre trazendo mais do que o permitido, esburacam as estradas, além de atrasar a viagem

transposição do Rio São Francisco: Julgamento sem mérito, artigo de Joviniano S. Carvalho Neto

[EcoDebate] A decisão do Supremo Tribunal Federal de derrubar a liminar que suspendia a realização do projeto de transposição do Rio São Francisco teve leituras diferentes. Nos campos políticos e midiáticos, manchetes anunciaram que o STF liberara as obras; D. Luiz Cappio desmaiou e semiconsciente foi levado à UTI, suspendeu o jejum e encaminhou carta na qual, ao tempo em que afirma prosseguir na luta, constata que os poderosos comemoraram

USITESC 440MW: Um licenciamento discutível e perigoso, artigo de Tadeu Santos

[EcoDebate] Justamente enquanto o mundo discutia a redução de gases efeito estufa em Bali, na Indonésia, a Fundação de Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina / FATMA, emitia uma Licença Ambiental Prévia / LAP para um projeto que se propunha a queimar o combustível fóssil carvão denominado de USITESC / 440MW, prevista para o município de Treviso – Região Carbonífera de Criciúma, no sul de Santa Catarina, ambientalmente mais

A Epifania – O dia em que os cariocas pararam de consumir drogas, texto ficcional de João Ximenes Braga

Locutor: Bem-vindos à primeira edição do “World in motion” de 2010. Neve lá fora? Se agora você estivesse do outro lado do mundo, no Rio de Janeiro, poderia estar tomando sol e caipirinhas na praia… E talvez sendo assassinado. Sim, pessoal, blame it on Rio. Vocês devem se lembrar que há exatamente um ano, aquela aprazível cidade brasileira passou por um fenômeno social único, que os próprios cariocas passaram a

Top