Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil defende prioridade para área rural no combate ao trabalho infantil

Adriana Brendler As ações do Estado brasileiro para combater o trabalho de crianças devem dar prioridade ao campo, onde estão 65,8% trabalhadores com 5 a 9 anos de idade. O diagnóstico é do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. “Mais grave é a situação no campo, onde não há escolas e nem pensar creches, que são um direito dessas crianças, o de estarem protegidas enquanto os pais

Top