Siderúrgicas usam carvão ilegal e não fazem reflorestamento

Brásília- A Diretoria de Florestas do Ibama concluiu o relatório sobre o uso de carvão por 12 siderúrgicas em funcionamento no Pará e no Maranhão, que beneficiam o minério de ferro extraído do Pólo Carajás (PA). De acordo com relatório, oito siderúrgicas utilizam carvão de procedência ilegal, fazem consumo maior que a demanda declarada e não repõem a floresta. O carvão é utilizado para aquecimento de fornos que

Top